A tela está divida ao meio. De um lado um filtro azul em que está escrito: empreendedores desafiam a Uber em Mossoró. Do outro, um tela de celular com o aplicativo Xofer aberto

Xofer: o aplicativo de transporte de Mossoró

Xofer é um aplicativo de transporte regional, 100% potiguar e que desde 2018 bate de frente com a Uber na cidade de Mossoró.

Apesar da força dos grandes apps de transporte no Brasil, alguns empreendedores estão provando que é possível enfrentar a multinacional norte-americana.

É o caso do professor de direito e advogado Jonas Segundo, um dos sócios-proprietários do aplicativo Xofer, da cidade de Mossoró.

Nascido e criado na cidade potiguar, Jonas conta que suas primeiras experiências nesse mercado eram apenas como cliente. “Nunca imaginei que seria possível entrar no ramo do transporte por aplicativo. Então, um dos meus sócios chegou com a ideia e me mostrou que era possível ter um aplicativo de transporte, sem necessariamente investir um alto valor”.

O sócio era Alexandre Queiroz, que era motorista de aplicativo em Mossoró. Inicialmente, ele montou o esboço do negócio e levou até Tácio Duarte, seu colega e também motorista na cidade.

Então, os dois começaram a fazer uma pesquisa de mercado e descobriram que era possível ter seu próprio aplicativo de transporte, sem ter que construir uma plataforma tecnológica do zero.

A saída foi contratar uma plataforma de transporte white label, que permite os empreendedores adaptarem um aplicativo já pronto ao seu modelo de negócio.

Os dois colegas entraram em contato com Paulo Medeiros, empresário local e proprietário de uma churrascaria em Mossoró, que aderiu ao projeto.

“Alexandre, Paulo e Tácio começaram o projeto Xofer e me procuraram para tirar dúvidas jurídicas sobre o negócio, foi aí que eu acabei entrando e hoje estamos alcançando excelentes resultados”.

Xofer com x mesmo

Jonas conta que, inicialmente, o aplicativo se chamaria Chofer com a escrita padrão. No entanto, perceberam que já havia em outros setores muitas empresas com o mesmo nome. “Paulo bolou o nome Xofer com X para nos diferenciarmos e criar algo marcante, foi então que desenvolvemos a logo e hoje possuímos uma marca bem forte”.

Da ideia até o início da operação foram cerca de 3 meses, estudando o mercado, começando a divulgação, arrumando uma sede e iniciando a conversa com os motoristas. “Esse tempo foi muito importante, pois quando iniciamos já tínhamos uma parceira com muitos motoristas”.

Atenção especial com motoristas e passageiros

Segundo Jonas, o sucesso do Xofer se justifica pela atenção individual que a empresa dá a cada motorista e passageiro. “As concorrentes multinacionais não conseguem ter esse atendimento, no Xofer, o motorista ou passageiro que tem algum problema consegue se comunicar com a diretoria de forma direta”.

O gestor do Xofer também destaca que a empresa tem muita preocupação com o bem-estar do motorista. “Eles fazem o negócio acontecer. Por isso, no nosso aplicativo eles tem uma atenção e uma lucratividade diferenciada”.

Para Jonas, os motoristas tem com a direção do aplicativo uma relação de cumplicidade. “Eles têm uma participação ativa no aplicativo, podem trazer sugestões e fazer reclamações. Eles se sentem integrantes da equipe Xofer, o que não é possível nas grandes multinacionais, onde tudo ocorre de forma mais impessoal”.

Já com os passageiros, Jonas conta que inicialmente o Xofer buscou atrair oferecendo preços mais baixos do que da concorrência. No entanto, atualmente essa estratégia mudou. “Nosso preço não é o mais barato do mercado, mas nosso diferencial é no atendimento que nossos parceiros prestam”.

Equilíbrio entre os interesses de motoristas e passageiros

Jonas explica que os desafios de entrar no mercado de transporte por aplicativo são muitos. Além da concorrência com as multinacionais, que investem pensando em marketing e tecnologia, ele aponta que seu principal desafio como gestor é equilibrar os interesses de motoristas e passageiros.

“A gente nunca pode desequilibrar essa balança, ou seja, nem dar sempre preferência para os passageiros e nem sempre dar preferência para os motoristas. Essa linha é muito tênue, às vezes pisamos fora, mas temos que sempre ter em mente de retornar para esse equilíbrio”.

“Antes de entrar no mercado, pensava que só havia espaço para a Uber”

Para o gestor do Xofer, sua principal surpresa ao entrar no mercado foi perceber que há espaço para outros aplicativos.

Ele conta que imaginava que pelo poderio econômico da multinacional norte-americana, ela dominaria por completo o mercado de transporte por aplicativo.

“Hoje, com um ano e quatro meses de atuação, visualizamos o tamanho desse mercado. Tanto que nossos números de corridas, que já eram altos no início, estão cada vez maiores, mesmo com a concorrência”.

Ele destaca que um aplicativo de transporte regional consegue atacar pontos chaves da sociedade, como permitir uma melhor distribuição de renda no local e uma melhoria na mobilidade urbana do município.

“Vários pais de família, que estavam longe do mercado devido à crise que atingiu nossa região, puderam ter uma renda para manter suas casas graças ao nosso aplicativo. Além disso, conseguimos locomover pessoas que tinham dificuldade para fazer seu lazer ou ir até uma consulta médica, pois os preços eram inacessíveis ou era um serviço desconfortável”

Jonas Segundo – sócio-proprietário do Xofer

Foco em um público-alvo

Em relação ao marketing do aplicativo, Jonas destaca que o Xofer realiza muita divulgação em universidades e festas de estudantes. “Hoje, nosso principal investimento é com rede social, mas já fizemos rádio e participamos ativamente de eventos na cidade, e realizamos parcerias com barzinhos da cidade”.

Mercado crescente e com muito potencial para evoluir

Para Jonas, o mercado de transporte por aplicativo está em franca ascensão.

Ele destaca que a administração pública já percebeu isso e tem tentado regulamentar, de forma a não impedir que o negócio aconteça. Afinal, acaba resolvendo muitos problemas da sociedade.

“Para a nossa empresa, vejo que temos condições para crescer ainda mais, tomando conta do mercado da nossa região, expandindo para outras cidades e conquistando uma fatia significativa desse setor”.

O aplicativo Xofer está disponível para passageiro na versão Android e IOS.

Já os motoristas que desejam trabalhar pelo app potiguar, podem acessar o aplicativo para Android na Play Store.

Acompanhe as redes sociais do Xofer

Instagram: https://www.instagram.com/xoferoficial/

Facebook: https://www.facebook.com/xofermossoro/