Início » Uber Green: a categoria de veículos elétricos da Uber

Uber Green: a categoria de veículos elétricos da Uber

Veículo da Uber Green

A Uber Green é a modalidade da plataforma exclusiva para motoristas de veículos elétricos ou híbridos.

Uma das tendências mais debatidas na mobilidade urbana é a sustentabilidade.

Isso porque o alto volume de veículos movidos por combustíveis fósseis em circulação no planeta é um dos principais responsáveis pela emissão de gases nocivos, principalmente o gás carbônico, que contribui com a poluição.

Por enxergar uma necessidade e uma tendência, a Uber apresentou, em setembro do ano passado, uma nova categoria de corridas: a Uber Green.

Só podem circular nesta categoria veículos que tenham emissão de carbono nula ou reduzida, ou seja:

  • Carros elétricos;
  • Híbridos;
  • Híbridos plug-in.

A adoção de meios de transporte elétricos é uma das principais alternativas para contribuir com uma mobilidade urbana mais “limpa”.

Segundo a Uber, a categoria Green é apenas o primeiro passo para a redução da emissão de gases, já que em 2040 a empresa espera realizar 100% das viagens por veículos sem emissão de carbono.

A empresa dividiu o projeto para alcançar este objetivo em 4 partes:

  • 2020: anúncio do compromisso global para ser uma plataforma de mobilidade com emissão zero;
  • 2025: migrar milhões de motoristas para veículos elétricos;
  • 2030: operar com emissão zero no Canadá, Europa e Estados Unidos;
  • 2040: 100% das operações em todo o mundo com emissão zero.
Captura de tela da página da Uber Green

Em janeiro de 2021, a empresa anunciou uma expansão na modalidade, que chegou em 1.400 cidades da América do Norte, como Washington, Austin, Houston, Miami, Nova Iorque, Tucson e Winnipeg.

A empresa também integrou a Green com o programa de fidelidade da Uber, o Uber Pass.

Uber Green na prática

O foco da categoria é inserir no cotidiano dos usuários da plataforma uma alternativa menos danosa ao ambiente. Portanto, quase não há diferenças entre a Green, e a categoria padrão, Uber X.

O processo para pedir um Uber Green é o mesmo de outras categorias. Basta definir o endereço de partida e o destino, e após isso, selecionar a modalidade entre as opções disponíveis.

Até mesmo o preço é semelhante ao da categoria padrão. A única diferença, é que as corridas da Uber Green são US$1 (nos EUA) mais caras que as corridas convencionais.

O motivo do valor extra ser mínimo é tanto incentivar que mais passageiros andem na categoria, quanto também bonificar os motoristas que realizam as corridas mais sustentáveis.

Isso porque, metade do valor extra vai direto para o motorista, para ajudá-lo na manutenção do seu veículo e a outra metade vai para o Programa Futuro Verde, que auxilia outros motoristas a migrarem para veículos com bateria elétrica.

Segundo a empresa, o programa provê acesso a recursos de até $ 800 milhões para que centenas de milhares de outros motoristas recebam ajuda para completar a transição para veículos elétricos até 2025.

No momento o serviço ainda não está presente em solo brasileiro, estando disponível apenas nos Estados Unidos, Canadá, e algumas cidades européias. Nesses locais a Uber planeja operar de forma 100% sem emissão de gases até 2030.

A Uber explica que uma viagem Uber Green gasta 25% a menos de CO2 do que uma viagem padrão.

Para os passageiros que utilizam o programa de pontos da empresa, o Uber Rewards, uma viagem Uber Green vale duas vezes o preço da corrida, ou seja, se a viagem custou US$ 25, o passageiro ganha 50 pontos.

Veículos aceitos na Uber Green

Como dissemos antes, existem algumas categorias diferentes entre os veículos elétricos. Pertencer a uma dessas categorias é um critério para quem quer ter um veículo elegível para a Uber Green.

Não por acaso, a Uber firmou parceria com montadoras para fornecer ofertas aos seus motoristas parceiros no momento da aquisição de um veículo elétrico. Nessa lista estão General Motors e o grupo Renault-Nissan.

Segundo o portal automobilístico WebMotors, a divisão de categorias de veículos elétricos é a seguinte:

Carros elétricos

É o termo que representa o carro puramente elétrico, que tem motor 100% alimentado por bateria, independentemente de qual seja o tipo de recarregamento dela.

Híbridos

É o nome dado por carros que têm fontes de energias alternativas que ajudam a melhorar a eficiência do motor a combustão. Ou seja, um veículo híbrido possui um motor, ou sistema auxiliar elétrico capaz de auxiliar o motor tradicional a emitir menos poluentes e gastar menos combustível na hora de rodar.

Híbridos plug-in

É o carro híbrido que pode ser conectado na tomada para que a bateria do motor elétrico possa ser recarregada.


A Machine é a principal tecnologia para criação de aplicativos de transporte e entregas do Brasil. Juntos, os apps desenvolvidos com nossa tecnologia já tiveram mais de 130 milhões de solicitações.