Início » Uber de entregas: como funcionam as categorias da empresa?

Uber de entregas: como funcionam as categorias da empresa?

Motorista de máscara e luvas dirigindo o carro

A Uber trabalha com 3 categorias de entregas: Uber Flash, Uber Flash Moto e Uber Direct. As duas primeiras são voltadas para pessoas físicas e a última para empresas.

Publicado em 12/08/2019 – Atualizado em 30/11/2021

Caso você seja motorista de aplicativo, certamente já fez o transporte de algum objeto.

No início, havia certa polêmica na realização desse tipo de serviço, afinal, muitos motoristas se sentiam inseguros em realizar essas viagens e acabavam não aceitando a corrida.

O motivo da insegurança era o risco do cliente agir de má fé e usar o serviço para o transporte de drogas, objetos roubados ou de procedência duvidosa. 

Por isso, é muito importante que o motorista saiba exatamente o que está transportando.

Por outro lado, muitos motoristas gostavam de realizar entregas de pequenos objetos. Inclusive, há relatos de profissionais que até preferem esse tipo de “cliente”.

Quando a pandemia da Covid-19 começou, houve uma queda no mercado de transporte de passageiros.

Assim, a Uber decidiu abrir categorias de entregas para que o mercado continuasse, de alguma forma, funcionando.

Mesmo com o avanço da vacinação e o afrouxamento das regras sanitárias, as categorias de entregas da Uber continuam fazendo parte do catálogo da empresa.

Hoje falaremos sobre elas.

Uber Flash

A Uber Flash é a categoria de entregas de pequenos objetos utilizando os motoristas cadastrados no aplicativo.

Podem ser transportados apenas objetos permitidos por lei, de pequeno ou médio porte e com no máximo 10Kg.

A empresa proíbe o transporte de:

  • Bebida alcoólica;
  • Tabaco;
  • Arma de fogo ou munição;
  • Materiais perigosos (exemplos: inflamáveis, venenosos, explosivos);
  • Animais;
  • Espécies reguladas;
  • Dinheiro;
  • Gift cards;
  • Objetos de alto valor;
  • Jóias;
  • Medicamentos controlados. 

A Uber explica que não se responsabiliza por perdas, extravios ou danos nos produtos e também ressalta que é responsabilidade do usuário coordenar a pessoa que receberá o objeto.

Caso o motorista espere 10 minutos e o destinatário não apareça, ele retorna ao encontro do usuário. Esse trajeto é acrescido ao valor da corrida.

Se novamente ele não encontrar o usuário, pode deixar o objeto na porta.

As viagens podem ser pagas em cartão no app, créditos Uber ou dinheiro e está disponível das 6h às 23h.

As tarifas da categoria Uber Flash são as mesmas da UberX.

tela do aplicativo da uber

Segundo o comunicado da Uber no lançamento da Uber Flash, os passageiros que desejam solicitar a categoria devem:

  1. Abrir o aplicativo da Uber.
  2. Digitar o ponto de retirada e de entrega do item que deseja enviar.
  3. Selecionar a opção Uber Flash e confirmar o envio.
  4. Estar com o artigo pessoal pronto para entregar ao motorista parceiro, respondendo via chat o nome do destinatário.
  5. Quando o motorista parceiro chegar, entregar o item a ele.
  6. Compartilhar a viagem com o destinatário que irá receber o item para que ele possa seguir os detalhes do envio em tempo real.

Uber Flash Moto

A Uber Flash Moto é a categoria da Uber de entregas com motoboys cadastrados na plataforma.

Ela foi anunciada em março de 2021 e estreou nas cidades de Recife e Maceió.

Segundo a empresa, a categoria é 25% mais barata do que as entregas de Uber Flash.

As orientações são as mesmas das entregas em automóveis, mas a empresa explica que as encomendas devem caber dentro dos compartimentos de entrega.

Em uma simulação realizada em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, em momento de tarifa dinâmica, uma entrega pelo Uber Flash custava R$ 37,90 enquanto na Uber Flash Moto custava R$ 24,73, ou seja, aproximadamente 35% mais barata.

Tela do aplicativo Uber

Uber Direct

Ao contrário das duas categorias anteriores, a Uber Direct é uma modalidade destinada às empresas. Tanto que ela não aparece como opção no aplicativo, apenas na plataforma Uber for Business.

Lançada em abril de 2020, bem no início da pandemia, ela foi uma das primeiros medidas da Uber para recuperar a queda das corridas.

Segundo a Uber, é uma solução temporária na qual as empresas podem receber um pedido ou fazer uma venda por meio de seu sistema próprio e solicitar uma viagem de Uber Direct para fazer a entrega.

A categoria começou nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro com alguns motoristas do Uber Pro.


A Machine é a principal tecnologia para criação de aplicativos de transporte e entregas do Brasil. Juntos, os apps desenvolvidos com nossa tecnologia já tiveram mais de 130 milhões de solicitações.