Início » Transbordo: entenda de vez o que é essa funcionalidade

Transbordo: entenda de vez o que é essa funcionalidade

Ilustração de duas pessoas se cumprimentando, ao lado está escrito "transbordo: entenda de vez o que é esta funcionalidade"

O transbordo permite que nossos clientes realizem parcerias entre si, enviando corridas de um app para outro.

Se você visitou a página de Planos e Preços da Machine, pode ter ficado intrigado com uma das funcionalidades oferecidas, o transbordo.

Essa funcionalidade permite uma interessante parceria entre empresas de transporte que usam nossa tecnologia.

Hoje, vamos entender na prática o que o transbordo permite e quando é vantagem ou desvantagem ativá-lo.

O que é o transbordo?

O transbordo é uma funcionalidade da Machine que permite que nossos clientes “enviem” corridas para centrais parceiras que também utilizam nossa tecnologia.

“Mas, como assim? Enviar corridas para concorrentes?”.

Exatamente, mas cabe ao gestor do aplicativo analisar as vantagens e desvantagens de realizar uma parceria nesse nível.

Afinal, é importante lembrar que o transbordo só é ativado caso as duas empresas aceitem realizar essa parceria.

Além disso, o cancelamento pode ser feito a qualquer momento por qualquer uma das partes.

Ah, é importante lembrar que as duas empresas devem possuir o mesmo plano da Machine, seja Prata, Ouro ou Diamante.

Com a parceria acordada, a ativação é feita diretamente com a nossa equipe de suporte.

Caso não haja nenhuma restrição, o transbordo é ativado no nosso modelo padrão, ou seja, quando todas as corridas pendentes, que não são atendidas por nenhum dos motoristas, passam para a central parceira.

Porém, já no momento da ativação, é possível definir com a nossa equipe quais corridas não poderão ser transbordadas como:

  • Corridas de Passageiros Comuns;
  • Corridas de Empresas;
  • Corridas Pendentes;
  • Corridas Programadas.

Vale ressaltar que o transbordo não funciona em centrais com multicategoria habilitada.

Agora vamos ver alguns exemplos de como e quando o transbordo pode ser habilitado?

Rio Driver e Carioca Driver

A Rio Driver e a Carioca Driver são dois aplicativos de transporte fictícios da cidade do Rio de Janeiro.

Ambas são concorrentes e clientes da Machine.

Vamos imaginar que as duas não possuem multicategoria e são do plano ouro, ou seja, estão aptas para transbordar corridas uma da outra.

Mas, será que vale a pena?

Vamos entender que o transbordo é acionado quando uma central deixa de atender um passageiro.

Isso significa que a corrida foi disparada e nenhum motorista foi encontrado ou simplesmente não aceitou a corrida e, então, para não deixar o passageiro na mão, a viagem é enviada para um motorista da central parceira.

Por isso, no caso de centrais da mesma cidade, é importante que o gestor analise se o transbordo é o melhor remédio para um alto número de corridas pendentes.

Ou seja, se a central está perdendo muitas corridas, o ideal é intensificar a estratégia de aquisição de novos motoristas.

Não que uma parceria de transbordo não seja válida. O ideal é sempre atender o passageiro. Afinal, o espaço de armazenamento de um celular é limitado e aplicativos que não atendem a necessidade são logo excluídos.

Mas, antes de realizar uma parceria de transbordo na mesma cidade, analise onde estão as corridas perdidas.

Será que não é hora de encontrar motoristas em um determinado bairro ou região? Ou aumentar os ganhos dos motoristas?

Por outro lado, há casos em que uma parceria de transbordo no mesmo município pode ser muito benéfica. Por exemplo, um inesperado evento na cidade que aumente demais a demanda de modo que a sua central sozinha não possa dar conta.

Rio Driver e 11 Car

Vamos imaginar que em vez da Carioca Driver, a parceria de transbordo da Rio Driver seja com a 11 Car, um app de transporte da capital paulista.

No mesmo estilo, ambas no plano ouro, sem multicategoria e aptas a transbordar corridas uma da outra.

Ao contrário da Carioca Driver, a 11 Car não é uma concorrente direta da Rio Driver.

Afinal, uma atua na capital paulista e a outra na capital fluminense e, apesar do plano ouro permitir a criação de filiais, ambos os gestores entendem que o foco deve ser única e exclusivamente em seus estados.

Ou seja, a Rio Driver quer dominar o estado do Rio de Janeiro e a 11 Car o estado de São Paulo.

No entanto, é óbvio que clientes de uma inevitavelmente irão para a cidade da outra. Afinal, Rio e São Paulo são as duas principais economias do país e têm a principal ponte aérea do Brasil.

Por isso, para as duas centrais, uma parceria de transbordo é ideal, fazendo com que o cliente de uma não precise desinstalar seu app quando for para cidade da outra.

Basta ter o app da Rio Driver para contar com os serviços da 11 Car em São Paulo e vice-versa.

Assim, o ideal é analisar, entender o seu negócio e partir para viabilizar ou não uma parceria de transbordo.