Início » Pix e PicPay: por que os motoristas devem usar?

Pix e PicPay: por que os motoristas devem usar?

Ilustração de uma mão segurando um celular. Na tela está sendo feita uma transferência bancária, ao lado está escrito "Pix e PicPay: por que os motoristas devem usar?"

Pix e PicPay permitem que motoristas recebam o dinheiro de forma rápida, segura e com menor contato físico possível.

A forma de pagamento é uma das principais engrenagens no ecossistema do transporte por aplicativo. 

Cartão de crédito, voucher, dinheiro, transferência bancária, são inúmeras as opções oferecidas para os passageiros.

Além das formas tradicionais, novos modelos vêm surgindo.

E em um cenário de pandemia onde a utilização de cédulas deve ser evitada, duas formas de pagamento estão ganhando destaque: Pix e Picpay.

Não à toa, adicionamos a opção de pagamento por uma dessas duas formas aos aplicativos de transporte que usam a tecnologia da Machine

O Pix é um sistema de pagamento instantâneo do Banco Central do Brasil. Já o Picpay é uma carteira digital.

De acordo com o Picpay, mais de 47 milhões de usuários utilizam o serviço — o que o torna o maior app brasileiro do segmento. Além disso, os usuários do aplicativo movimentam, mensalmente, 2 bilhões de reais em transações.

Em dezembro de 2020, 60% dos brasileiros já consideravam a transferência via Pix melhor do que a dos modelos convencionais TED e DOC. Um mês após ser lançada, a nova forma de transações bancárias já tinha movimentado R$ 83,4 bilhões.

Sendo assim, é fundamental que os motoristas de aplicativos cadastrem suas chaves no Pix e criem um perfil de usuário no PicPay.

Dessa forma, eles conseguem receber o dinheiro do serviço em questão de segundos.

O que preciso saber sobre o Pix?

Antes de começar a usar o Pix para receber o pagamento de suas corridas, é importante conhecer o sistema.

O Pix é o pagamento instantâneo do Banco Central do Brasil, que realiza transferências em no máximo 10 segundos. Para isso, é necessário fazer um cadastro dentro da sua instituição financeira.

Você precisa cadastrar uma “chave” de acesso, que geralmente é o CPF, e-mail ou número de celular.

Esse cadastro é feito diretamente no aplicativo do banco de forma bem simples.

Ao terminar uma corrida, basta o motorista informar qual a chave e o passageiro realiza a transferência direto para a conta do profissional.

Por exemplo, imagine que a chave do motorista seja o número do celular. Então, o passageiro vai abrir o app do seu banco, clicar na opção transferência por Pix (varia de banco para banco) e digitar o número do celular do motorista.

Em menos de dez segundos o dinheiro estará na conta do motorista.

Quais são os benefícios do Pix?

  • Transferência em até 10 segundos;
  • Transações gratuitas, inclusive entre bancos diferentes;
  • Funciona 24h por dia nos 7 dias da semana;
  • Não paga nenhuma tarifa.

O que eu preciso saber sobre o Picpay?

O Picpay é uma carteira digital, ou seja, você consegue transferir dinheiro para lá por meio de boleto bancário, TED, cartão de débito e pelo próprio Pix, podendo movimentar de várias maneiras.

É possível pagar boletos, contas, fazer recargas de celular e transferir para outras pessoas que possuem o aplicativo.

Para ter acesso, basta se cadastrar no app, disponível no Google Play e na App Store.

Ao finalizar uma corrida, o motorista pode criar um link de pagamento, Qr Code ou informar o nome de usuário no aplicativo.

Vale lembrar que ambos devem possuir uma conta no PicPay.

Quais são os benefícios do Picpay?

  • Indicando amigos para baixar o app, você e quem baixar ganham R$ 10 de saldo;
  • É possível cadastrar cartão de crédito e parcelar boletos em até 12x;
  • Transferência gratuita para contas bancárias;
  • É possível sacar dinheiro da carteira virtual em caixas eletrônicos.