Início » PicPay: tudo o que você precisa saber

PicPay: tudo o que você precisa saber

Ilustração de uma celular ao lado de um carteira. Ao lado está escrito "PicPay: tudo o que você precisa saber".

O PicPay é uma carteira digital brasileira para compras online, pagamentos e transferências.

O PicPay já não é nenhuma novidade no mercado brasileiro de Fintechs. 

Fundado em 2012 por Dárcio Stehling, Diogo Roberte e Anderson Chamonm, a carteira digital tem se tornado bastante conhecida à medida que cresce por todo o país.

Somente no período de pandemia, o aplicativo passou de 18 milhões de usuários para mais de 30 milhões.

Na gênesis do projeto, o trio pretendia criar uma ferramenta que facilitasse a vida financeira das pessoas. A ideia era facilitar a transação de dinheiro entre os usuários, o pagamento de dívidas, contas ou até mesmo o cafezinho, por exemplo, e sem precisar se preocupar em pagar em dinheiro físico ou dar troco, facilitando a vida tanto de quem compra, como de quem recebe.

Pelo aplicativo é possível realizar parcelamentos de contas e boletos no cartão de crédito, recarregar os créditos do seu celular, recarregar créditos na Uber e muito mais.

Nos aplicativos gerados com a Machine, os motoristas podem habilitar a função de pagamento pelo PicPay, alertando aqueles passageiros que desejam pagar dessa forma.

Como o PicPay funciona?

Ele está disponível para IOS e Android gratuitamente. 

Para fazer o cadastro, é necessário que o cliente informe nome completo, CPF, data de nascimento, número de celular, e-mail e endereço. 

Para finalizar, são criados usuário e senha.

Após se cadastrar, você pode depositar dinheiro na conta através de Boleto Bancário, Ted e através do PIX. É possível também registrar as informações do seu cartão de crédito pessoal e usá-lo através do aplicativo.

Promoções ao usar o aplicativo

Para tornar ainda mais atrativo, o Picpay oferece com bastante frequência diversas promoções, como o cashback, que dependendo do valor da compra, pode chegar a até 40% do valor total.

Funciona assim: Imagine que você realiza uma compra no valor de R$ 50, e o cashback aplicado nela seria de 40%. Desses R$ 50, R$ 20 voltam para você em forma de crédito na carteira.

É muito comum encontrar promoções de cashback diárias dentro do aplicativo!

Além disso, atualmente, o dinheiro que fica em sua conta do PicPay rende 210% do CDI, que, diga-se de passagem, é muito mais do que a poupança. 

Entretanto, essa é uma promoção de tempo limitado para chamar a atenção de mais pessoas para o aplicativo.

Para baixar o aplicativo em celulares Android, acesse o Google Play:

Já para iOS, acess:

É seguro colocar meu dinheiro no PicPay?

Quando se trata de novidades, é normal se perguntar se existe algum risco da empresa falir e você perder seu suado dinheiro.

Mas para responder a essa pergunta, vou começar por quem “comanda” a empresa.

Em 2019, o PicPay passou a ter 71,04% de suas ações controladas pelo próprio Banco Original e J&F Investimentos, que são grandes potências do mercado financeiro nacional para pessoas físicas e no agronegócio.

A carteira digital é uma das líderes no mercado nacional e já movimenta mais de 1 bilhão de reais todos os meses. Levando isso em consideração, é possível crer que é seguro deixar o seu dinheiro rendendo no aplicativo.

PicPay PRO

É uma modalidade premium da carteira digital, com o principal foco em comerciantes e profissionais autônomos. 

Com ela, é possível receber pagamentos parcelados de forma ilimitada, parcelar contas sem juros e receber integralmente o valor de uma transação assim que esta é concluída, mas com um desconto de 1,99% no valor recebido.

PicPay Card

Da mesma forma que Nubank, Mercado Pago, Banco Inter e muitos outros, o PicPay também oferece um cartão de crédito sem anuidade. 

Você pode solicitar o cartão pelo próprio aplicativo, e após o período de análise de crédito feito pela empresa, você receberá em sua casa um cartão, que promete até 5% de cashback.