Mesa repleta de comida e ao lado está escrito: como oferecer serviços de entrega para restaurantes, farmácias e supermercados?

Como oferecer serviços de entrega para restaurantes, farmácias e supermercados?

Diante de tantos aplicativos famosos como iFood, Rappi e Uber Eats, como você, dono de um aplicativo local, pode oferecer seus serviços de entrega para restaurantes, farmácias e supermercados?

A alta demanda pelos serviços de entrega fez com que o mercado voltasse suas atenções para este ramo.

Afinal, ele consegue aliar características poderosas que englobam, além da alta demanda, que já falamos, a comodidade, agilidade e tecnologia que facilitam muito a vida dos clientes.

Aliás, para o cliente, aquele que vai pedir o hambúrguer ou a pizza, esses serviços de entrega são uma maravilha. Justamente por oferecer a eles um produto barato, de qualidade e com o menor tempo de entrega possível.

Os resultados desse sucesso estão nos números. Ainda no começo do ano de 2019, as informações da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) mostrava que esse mercado já movimentava 11 bilhões de reais por ano no Brasil.

Em entrevista ao portal Mobile Time, o CEO do iFood, Carlos Moyses, revelou que a empresa processou apenas em 2019, mais de 159 milhões de pedidos.

Bem, parece o cenário perfeito. Clientes satisfeitos e aplicativos bombando. Mas, e os restaurantes?

Segundo o iFood, um restaurante que entra na plataforma tem em média um aumento de 50% na quantidade de solicitações de pedidos.

Porém, basta uma rápida pesquisa no Google para observar que crescem as reclamações em relação a esse tipo de serviço.

Restaurantes de pequeno e médio porte nem sempre conseguem se encaixar no modelo de negócio apresentado por essas empresas.

Aí é que você, como dono de um aplicativo local, pode entrar.

Apps de entrega estão levando pequenos restaurantes à falência?

Uma reportagem da BBC Brasil trouxe a tona a crise entre pequenos restaurantes e aplicativos de entrega.

Segundo a matéria, escrita pela jornalista Daniele Madureira, os aplicativos de entrega mais tradicionais do mercado oferecem condições nem sempre vantajosas a esse nicho.

Um dos entrevistados para a matéria, o cozinheiro Ricardo Masinori, conta que tinha uma hamburgueria na capital paulista em que chegava a despachar mais de 90 pedidos por dia.

No entanto, de uma hora para outra, os pedidos sumiram e, em poucos meses, o local precisou fechar suas portas.

O cozinheiro conta que não conseguiu nem mesmo realizar um levantamento com seus clientes sobre o porquê do sumiço dos pedidos. Afinal, os números de telefone não eram mais disponibilizados para os restaurantes.

Fidelização de clientes e independência na gestão

Encontramos aqui o primeiro problema que grandes apps de entrega podem gerar aos estabelecimentos. Uma dificuldade gigante de fidelização.

Sabemos que, para muitos negócios, principalmente bares e restaurantes, tornar o cliente um consumidor periódico é uma das chaves para o sucesso.

Quando um cliente deixa de entrar em contato direto com o estabelecimento, seja indo pessoalmente ou fazendo um pedido por telefone, e passa a acessar um app com dezenas de outras opções, fidelizar se torna uma tarefa muito difícil, para não dizer impossível.

Além disso, ao tirar a possibilidade de o estabelecimento ter telefone ou algum outro contato do cliente, eles deixam de ser clientes do local e passam a ser clientes do app.

Dessa forma, um primeiro ponto para “atacar” quando for conversar com um dono do estabelecimento da sua região, é mostrar que, com o seu modelo de entrega, ele poderá fidelizar seu cliente.

Outra questão apontada pelos donos de estabelecimentos entrevistados pela matéria da BBC são as campanhas de descontos oferecidas pelos apps.

Segundo eles, ao oferecer um cupom de desconto de 10 reais para os pedidos, mais a taxa que fica com ele, o app mata a margem de lucro do estabelecimento. Ao mesmo tempo, caso o restaurante não aceite fazer parte da promoção, ele acaba sendo preterido.

Dessa forma, apps de entrega como iFood e Uber Eats se tornaram grandes divulgadores dos estabelecimentos. No entanto, ao mesmo tempo que divulga um, divulga o outro, criando uma enorme concorrência.

Assim, o segundo ponto que você deve mostrar aos donos dos estabelecimentos da sua cidade é que, ao contratar seu aplicativo para realizar as entregas, ele terá mais liberdade de gerir o negócio dele.

Vale a pena o esforço de colocar um Whatsapp ou telefone para ter contato direto com o cliente.

Taxas mais vantajosas

Outro ponto que você deve colocar para oferecer seus serviços de entrega donos do estabelecimentos, é possuir taxas mais vantajosa, é claro.

O iFood, por exemplo, trabalha com dois tipos de planos.

O primeiro é o plano básico, em que ele oferece apenas a plataforma de gestão e a presença no cardápio.

Nesse plano, ele cobra 100 reais por mês mais uma taxa de 12% do valor do produto com a entrega. Caso o pagamento seja feito pelo cartão de crédito direto no app, ainda é cobrada uma taxa de 3,5%.

No outro plano, o plano entrega, o iFood cobra 130 reais por mês mais 27% do valor do produto.

Nesse último caso, a entrega é realizada por um entregador cadastrado na plataforma iFood. Vale lembrar que esse tipo de serviço não está presente em todo o Brasil.

De qualquer forma, note que esses valores podem ser altos para um pequeno ou médio estabelecimento. Dessa forma, nada melhor do que um entendimento da realidade local para adaptar os preços.

Suporte próximo

Por último, mostre ao dono do estabelecimento que uma das vantagens de contar com o serviço de um aplicativo da região é poder ter um suporte mais próximo quando precisar.

Assim, caso ocorra um imprevisto, como atraso na entrega ou produto enviado errado, ele terá a certeza que poderá contar com você para solucionar o problema.

Para concluir, apesar das vantagens notórias que os apps de entrega mais famosos nos deram no nosso dia a dia, há ainda a necessidade de encontrar um ponto de equilíbrio com os restaurantes.

Não à toa, a reportagem da BBC revela que muitos restaurantes estão contratando serviços de entrega particular fora desses apps mais famosos ou fazendo acordos direto com os motoboys.

Por isso, saia na frente. Não deixe de ir atrás dos pequenos estabelecimentos para fechar parcerias. Caso queira ler um pouco mais sobre isso, confira o artigo que fizemos sobre a importância da união de pequenos negócios durante a crise.

Modelos de e-mail

Preparamos dois modelos de e-mail para você adaptar e oferecer seus serviços aos estabelecimentos da sua região.

Fique à vontade para utilizar, mas não esqueça de substituir com suas informações.

Modelo 1

Olá dono do estabelecimento parceiro. Tudo bem?

Sou seu nome, representante do aplicativo nome do seu aplicativo.

Somos um app de entrega especializados em levar com comodidade, agilidade e segurança, produtos de todo tipo de estabelecimentos até seus clientes.

Trabalhamos da seguinte forma: ao contratar nossos serviços, os conveniados recebem uma plataforma de solicitação de corridas. Assim, quando eles recebem uma encomenda, basta solicitar uma corrida do seu estabelecimento até a casa do seu cliente, um entregador nome do seu aplicativo irá se dirigir até você, pegar a encomenda e levar até seu cliente. Pronto.

Dessa forma, você não precisa se preocupar com a entrega e focar 100% na gestão do seu negócio. Além disso, oferecemos suporte especializado, sempre disposto a te atender caso aconteça algum imprevisto.

O que acha? Vamos conversar mais um pouco? Deixo abaixo meus contatos:

Att

Modelo 2

Olá dono do estabelecimento parceiro. Tudo bem?

Você sabe que segundo um levantamento da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), o mercado de entregas movimenta 11 bilhões de reais por ano no Brasil?

Não há como negar que o cliente de hoje quer comodidade para fazer seus pedidos, sem ter quer que preocupar com muita coisa.

Por isso estou aqui.

Sou seu nome, representante do aplicativo nome do seu aplicativo.

Somos um app de entrega especializados em levar com comodidade, agilidade e segurança, produtos de todo tipo de estabelecimentos até seus clientes.

Trabalhamos da seguinte forma: ao contratar nossos serviços, os conveniados recebem uma plataforma de solicitação de corridas. Assim, quando eles recebem uma encomenda, basta solicitar uma corrida do seu estabelecimento até a casa do seu cliente, um entregador nome do seu aplicativo irá se dirigir até você, pegar a encomenda e levar até seu cliente. Pronto.

Dessa forma, você não precisa se preocupar com a entrega e focar 100% na gestão do seu negócio. Além disso, oferecemos suporte especializado, sempre disposto a te atender caso aconteça algum imprevisto.

O que acha? Vamos conversar mais um pouco? Deixo abaixo meus contatos:

Att