Início » A semana no Mercado da Mobilidade Urbana (06/09 – 10/09)

A semana no Mercado da Mobilidade Urbana (06/09 – 10/09)

fundo branco com uma ilustração de uma pista e por cima um megafone com ícone de localização

A situação dos motoristas em nível estadual é o foco das notícias da semana no mercado da mobilidade urbana.

A alta do preço dos combustíveis e a crise na operação de transportes dos grandes apps trouxeram as dificuldades enfrentadas pelos motoristas novamente à tona nas mídias, em capitais como Ceará e Porto Alegre.

Já no Rio de Janeiro, a prefeitura realizou o lançamento do Posto Digital, visando facilitar o atendimento e diminuir a burocracia em torno de serviços envolvendo veículos.

Novos capítulos no mercado dos aplicativos de transporte

O panorama difícil dos motoristas dos grandes aplicativos desde o início da pandemia está ganhando outro capítulo. Não por acaso, no Ceará 60% dos motoristas de aplicativo deixou a atividade desde o início da pandemia.

Já o portal GaúchaZH, relatou que dos 20.000 motoristas que atuavam no Rio Grande do Sul até o começo do ano, 20% deixou de ter os aplicativos como fonte principal de renda.

O litro do combustível está custando cerca de R$ 6. Um carro comum faz 10km por litro. Então, daqueles R$ 10 que ele vai ganhar, R$ 6 ele já gastou só pra deixar o passageiro. Dependendo do deslocamento que ele vai fazer de onde tá até onde o passageiro está, a corrida pode sair com o motorista pagando pra trabalhar.

Rafael Keylon, presidente da Associação dos Motoristas de Aplicativos do Ceará (Amap).

Temos muitos relatos de pessoas que saíram da plataforma. Em muitas corridas, as empresas ficam com até 50% do valor. Sabemos que é possível repassar mais aos trabalhadores e que isso pode ser retirado do lucro das empresas.

Germano Weschenfelder, Representante do Sindicato dos Motoristas por Aplicativo de Estado (Simtrap-RS).

Por outro lado, os grandes apps anunciaram esta semana que estão reajustando suas tarifas. Segundo matéria da CNN Brasil, os preços do minuto e quilômetro rodado no app estão aumentando em 17% e 14,5%, respectivamente.

A matéria ainda diz que a 99 deve seguir caminho parecido, após a série de reclamações de motoristas e passageiros.

Detran-RJ lança Posto Digital

Nessa sexta-feira (10), o Detran-RJ oficializou o lançamento de seu posto de atendimento digital.

A ferramenta 100% online dará acesso à consultas, serviços e documentos on-line, de forma personalizada, através do sistema gov.br. O sistema é o mesmo que registra informações a nível nacional, possibilitando um cadastro unificado para os usuários.

Quem ainda não possui o cadastro, verá a opção “Crie sua conta gov.br” ao tentar acessar o site.

Dentre os principais serviços disponíveis pelo site estão:

  • Notificações personalizadas quando o vencimento de documentos se aproximar;
  • Verificar multas de trânsito;
  • Verificar pontuação na carteira;
  • Emitir Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo (ATPV-e).

A ideia é diminuir o número de vezes que um motorista precisa ir até um centro físico do Detran.

Segundo matéria do Jornal Extra, alguns serviços já estavam disponíveis no sistema do Detran, como o licenciamento digital, recurso de multas, acesso a pontuação, parcelamento de débitos e verificação de nada consta.

A diferença agora é que com o acesso por meio de login e senha essas informações passam a ser personalizadas e algumas delas ampliadas.

A transformação digital é uma das marcas da nossa gestão no Detran. Desde o ano passado, é possível obter o documento de licenciamento anual e fazer uma série de serviços. Agora, estamos lançando o Posto Digital, para permitir que o usuário tenha acesso a serviços e consultas que só são possíveis com o uso de login e senha. E não vamos parar. Em breve, anunciaremos outras novidades.

Adolfo Konder, Presidente do Detran.

A Machine é a principal tecnologia para criação de aplicativos de transporte e entregas do Brasil. Juntos, os apps desenvolvidos com nossa tecnologia já tiveram mais de 130 milhões de solicitações.