Início » Mês da mobilidade: como superei a Uber na minha cidade?

Mês da mobilidade: como superei a Uber na minha cidade?

foto de 2 homens no círculo

Em comemoração ao mês da mobilidade urbana, Fernando Floripa comandou um bate papo com Fábio Lucas, dono do aplicativo de transporte Bora94.

Publicado em 14/09/2021 – Atualizado em 15/09/2021

Para comemorar o mês da mobilidade urbana, realizamos na última terça-feira(15), em parceria com o motorista e influenciador Fernando Floripa, um bate papo especial com Fábio Lucas, cliente da Machine e dono do aplicativo Bora94.

Natural de Marabá, no interior do Pará, Fábio era estudante de direito quando recorreu aos apps de transporte para conseguir uma renda extra.

Quando seu estágio terminou, viu nos aplicativos sua principal fonte de renda.

Porém, começou a perceber que a conta não estava fechando.

Trabalhava cada vez mais e ganhava cada vez menos.

Foi quando decidiu abrir seu próprio aplicativo de transporte, usando a nossa tecnologia.

Ideia surgiu da insatisfação com as altas taxas

Para pagar as contas, Fábio rodava de segunda a segunda nas plataformas de transporte.

Certo dia, conta que cansou e decidiu investir em seu próprio negócio.

“Eu ouvia muita gente falar que queria abrir um app na cidade, mas ninguém de fato abria. Então eu captei a oferta e a demanda e mergulhei de cabeça”.

Colocou a ideia em um grupo de motoristas da cidade, que logo apoiaram a causa e até deram a sugestão do nome, que faz referência ao DDD de Marabá.

Para dar o pontapé inicial, vendeu seu celular e pegou um empréstimo no banco.

“Eu esperava pagar o empréstimo em 1 ano, mas o projeto deu tão certo que em 4 meses eu recuperei o investimento inicial que fiz”.

Primeiros passos e estratégia de lançamento

Fábio explicou que o primeiro passo para montar um aplicativo é fazer uma pesquisa de como anda a mobilidade pela sua cidade e, em seguida, entender a regulamentação do município.

Para lançar o aplicativo, Fábio contou que montou uma estratégia para começar a divulgar o Bora94 com um mês de antecedência.

Faltando uma semana para a inauguração, reuniu os motoristas e cadastrou 100 parceiros para que no dia da estreia, o passageiro fosse atendido assim que chegasse.

“No dia do lançamento foi aquela expectativa para que os clientes começassem a chamar. Tinha uma corrente entre os motoristas para sempre dar preferência ao Bora e deixar as multinacionais um pouco de lado. E até hoje é assim. O pessoal ainda trabalha com Uber e 99, mas a preferência é sempre nossa”.

Diferencial: serviço regional e taxas justas

Fábio explicou que apesar das grandes empresas do setor serem multinacionais bilionárias, o diferencial de um aplicativo local é entender a realidade do município.

Por isso, o Bora94 cobra uma taxa única de R$ 1 por corrida realizada pelos motoristas, independente do valor total que ela tenha.

Por opção estratégica, a empresa não trabalha mais com corrida paga direto no app e, por isso, o dinheiro vai direto para os motoristas que, ao final do mês, fazem o repasse para a empresa.

Além disso, Fábio está sempre de olho no aumento dos preços dos combustíveis, reajustando suas tarifas para que fiquem justas para os motoristas.

“No começo, trabalhávamos com as mesmas tarifas da Uber e 99, mas com o aumento dos preços dos combustíveis, conversamos com os motoristas e reajustamos as tarifas. Hoje nossa mínima está R$ 8, enquanto das multinacionais fica entre R$ 6 e R$ 5,50”.

Questionado se ainda havia motoristas rodando pelas multinacionais na cidade, Fábio explicou que sim, mas que cada vez mais profissionais estão indo para o app regional.

Outro diferencial que a empresa tem é a cobrança de tarifa dinâmica ao redor de supermercados, já que os motoristas acabam gastando mais tempo neste tipo de corrida e nem sempre são recompensados.

Para os passageiros, o Bora94 aposta na segurança, cadastrando apenas motoristas com sede fixa em Marabá.

15 mil corridas por mês e projeto de expansão

Durante o bate papo, Fábio revelou que a empresa está realizando cerca de 500 corridas diárias, alcançando mais de 15 mil corridas em um mês.

“Conversando com outros aplicativos da cidade, vimos que Marabá tem de 1 mil a 2 mil corridas diárias. Isso significa dizer que de 25% a 50% são realizadas pelo Bora”.

Disponível apenas na cidade paraense, o aplicativo agora pretende expandir para outros municípios da região.

Para mais informações, basta consultar o número (94)98438-1828.


A Machine é a principal tecnologia para criação de aplicativos de transporte e entregas do Brasil. Juntos, os apps desenvolvidos com nossa tecnologia já tiveram mais de 130 milhões de solicitações.