Na ilustração, um entregador segura uma caixa, ao lado está escrito "lalamove: como funciona o app chinês de entregas no mesmo dia"

Lalamove: como funciona o app chinês de entregas?

Lalamove é uma empresa que oferece serviços de entregas no mesmo dia, conectando estabelecimentos comerciais a entregadores autônomos.

Nas últimas semanas, temos falado muito aqui no blog sobre diversas soluções tecnológicas que surgiram no mercado para encarar o desafio das entregas.

Uma delas é a Lalamove, empresa chinesa, mas já presente no Brasil, que oferece soluções de entregas em centenas de cidades pelo mundo.

Atualmente, eles atuam em municípios dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo matéria da Pequenas Empresas e Grandes Negócios, a Lalamove cresceu 100% ao mês durante os primeiros meses da pandemia.

No período da publicação, a empresa estava realizando uma média de 7 mil entregas diárias, com 50 mil entregadores cadastrados só no Brasil.

Levando esse número para todas as operações da empresa no mundo, a Lalamove possui hoje 700 mil motoristas cadastrados, que juntos realizam 3,5 milhões de entregas diariamente.

Já são aproximadamente 7 milhões de clientes atendidos.

A empresa foi fundada em dezembro de 2013 e atua em 21 países da Ásia e da América Latina. No Brasil, ela chegou nos primeiros meses de 2019 e, como mostram os números, está em franca expansão.

Em sua cartela de clientes estão a Liv Up (marmitas congeladas), Portobello (porcelanato) e a Swift (carnes).

Como funciona?

A Lalamove funciona por meio de uma plataforma e de um aplicativo de entregas. Da mesma categoria que a Loggi, Juma ou Bee Delivery.

Segundo a matéria do PEGN, o principal diferencial da chinesa em relação à Loggi, que é a principal empresa nesse segmento no Brasil, é a variedade de modais que a empresa cadastra em sua plataforma.

Atualmente, além das tradicionais motocicletas, a Lalamove cadastra:

  • Carretas;
  • Utilitários;
  • SUVs.

Segundo a empresa, o tempo médio para a chegada de um entregador da plataforma é de 23 minutos, sendo que em 31 segundos eles encontram um entregador e em 40 minutos o serviço é realizado.

Para empresas

As empresas que desejam utilizar o serviço da Lalamove devem se cadastrar no site lalamove.com/brasil/empresas.

O formulário de cadastro solicita alguns dados gerais como nome, informações de contato e cargo do responsável.

Além de dados mais direcionados como o campo de atuação da empresa e o critério mais importante para escolher um parceiro de last mile, dos quais eles destacam:

  • Habilidade de transportar volumes grandes;
  • Tempo de entrega curto;
  • Cobertura geográfica;
  • Alta taxa de oferta garantida;
  • Proteção dos itens da entrega;
  • Custo.

Após o cadastro, um gerente de contas da empresa entra em contato para finalizar o processo.

Vale destacar que esse é o cadastro para quem deseja ter um conta corporativa. Segundo a empresa, esse tipo de cliente tem algumas vantagens, como:

  • Conta de negócios: libera vários usuários na mesma conta;
  • Faturamento: crédito pós-pago para clientes mediante análise de crédito;
  • Atendimento prioritário: suporte imediato;
  • Relatórios mensais: acompanhamento das despesas na conta.

Para os estabelecimentos ou pessoas físicas que desejam realizar uma entrega sem possuir uma conta corporativa, basta fazer um cadastro rápido dentro da plataforma da empresa.

O pagamento pelo serviço é realizado em dinheiro ou pela carteira virtual da Lalamove, que é recarregada com cartão de crédito ou boleto bancário. Além da forma faturada/pós-pago, exclusivo para os clientes corporativos.

As entregas podem ser solicitadas para o momento do pedido ou agendadas dentro de um período de 30 dias.

É possível colocar 19 paradas além do ponto de entrega.

Filtros e tipos de serviços

Como falamos no início, a empresa cadastra diferentes tipos de modais de transporte.

Mas, além disso, a empresa habilita filtros adicionais que o cliente pode inserir no momento do pedido. São eles:

  • Bolsa térmica;
  • Serviço de fila;
  • Ajuda do motorista;
  • Carro refrigerado;
  • Utilitário 1T (Van);
  • Carreta 2,5T;
  • Mudança de casa;
  • Assistente extra.

Além disso, durante a pandemia, a empresa ativou um filtro para os clientes que desejam repassar um valor extra pelo serviço, uma gorjeta.

Caso o serviço demande algumas horas de dedicação do entregador, o cliente deve selecionar uma categoria especial para tal: serviço 6h ou 8h. É possível adicionar duas horas extras.

É importante destacar que todos esses filtros implicam em taxas extras.

Tamanho dos objetos

O tamanho máximo dos objetos varia de acordo com o transporte escolhido.

Os dados estão em centímetro.

  • LalaGo (motos placa cinza): 35 x 40 x 30;
  • LalaPro (motos placa vermelha): 40 x 45 x 35;
  • SUV: 125 X 80 X 60;
  • Utilitário: 188 x 133 x 108;
  • Carreta: 200 x 200 x 250.

Para conferir os valores das entregas com a Lalamove, confira a página da empresa.

Para entregadores

Para os entregadores, o primeiro passo é realizar o cadastro dentro do site lalamove.com/brasil/motorista.

Em seguida, eles assistem a um vídeo com as informações sobre a plataforma.

O entregador faz o download do aplicativo e realiza o envio dos documentos solicitados.

Para os motoboys com placa cinza, os documentos são:

  • Carteira Nacional de Habilitação com a observação EAR (Exerce Atividade Remunerada) ativa MEI com atividade relacionada a entregas, no caso de motoboys no Rio de Janeiro;
  • Comprovante com número da agência e conta bancária;
  • Documento da moto (CRLV).

No caso dos motoboys de placa vermelha, também é solicitado:

  • Documento da moto (CRLV) na categoria “Aluguel”;
  • Carteirinha do Condumoto (para motoristas do estado de São Paulo);
  • Licença de motofrete.

Já para os motoristas de veículos de quatro rodas, utilitários, SUVs e carretas, os documentos exigidos são:

  • Carteira Nacional de Habilitação com a observação EAR (Exerce Atividade Remunerada) ativa MEI com atividade relacionada a entregas, no caso de motoboys no Rio de Janeiro;
  • Comprovante com número da agência e conta bancária;
  • Documento do veículo (CRLV).

Também é possível enviar o Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) da ANTT e o documento do veículo (CRLV) com a categoria “Aluguel” ativa.

Após a aprovação dos documentos, o entregador já está disponível para realizar os serviços.

Os repasses acontecem na quinta-feira após a solicitação do entregador.

A Lalamove cobra 17,99% de taxa nos serviços realizados pelos entregadores.

Para mais informações, confira o FAQ da empresa.