Início » Grab: o que é e como funciona este app de transporte?

Grab: o que é e como funciona este app de transporte?

Ilustração de uma mão segurando um celular, nele, está aberto um aplicativo de transporte. Ao lado está escrito "Grab: o que é e como funciona este app de transporte?"

O Grab é um aplicativo de transporte europeu que ainda não atua no Brasil. Conheça mais mais sobre ele.

O Grab foi fundado em junho de 2012, por Anthony Tan e Tan Hooi Ling, com o nome de My Teksi.

Na época, o objetivo principal da empresa era criar no Sudeste Asiático um aplicativo para táxis semelhante aos existentes nos Estados Unidos. 

A ideia foi de Anthony, que estudava na Harvard Business School. Assim, o My Teksi foi lançado na Malásia, com uma doação de 25 mil dólares da faculdade. 

Um ano depois, o app passou a se chamar GrabTaxi e foi expandido para Filipinas, Cingapura e Tailândia. 

Em 2014, chegou ao Vietnã e Indonésia. Então, foi lançado o GrabCar — modalidade de carros particulares —, além do GrabBike e do GrabCar + ( um serviço de carros de última geração). Além disso, a sede da Grab migrou para Cingapura. 

Em 2016, a empresa passou a se chamar apenas Grab e a englobar todos os serviços oferecidos, e lançou o GrabChat, um aplicativo de mensagens para passageiros e motoristas. Este também foi o ano em que a empresa deixou de ser exclusivamente do ramo de transportes e lançou o GrabPay, uma plataforma de pagamentos online para comerciantes terceirizados. 

Dois anos depois, a Grab fundiu-se com as operações da Uber no Sudeste Asiático. 

E os lançamentos não pararam por aí. Em 2018, a empresa lançou mais três categorias:

  • GrabFood: delivery de comida;
  • GrabExpress: serviço de correio;
  • Grab Financial: pagamentos, seguro e financiamento.

No final do ano passado, a empresa anunciou uma parceria com Careem e JapanTaxi. 

Assim, os usuários do Oriente Médio e do Japão poderiam reservar viagens usando o app da Grab nestas localizações.

Como funciona?

Para motoristas

Os motoristas que desejam firmar parceria com a Grab precisam apresentar:

  • Documentos como carteira de motorista, seguro, carteira profissional de taxista ou licença de motorista particular (emitidos de acordo com cada país);
  • Ter, no mínimo, um ano de experiência;
  • Ter concluído com aprovação o Treinamento e Avaliação do Motorista de Transporte Grab;
  • Extrato bancário no próprio nome.

Para passageiros

Em primeiro lugar, o usuário interessado em uma viagem — ou até em delivery — deve baixar o aplicativo na loja virtual.

Depois, é preciso preencher dados pessoais como: número de telefone e endereço de e-mail. Um código de confirmação é enviado ao usuário. Ele tem, ainda, a opção de logar com o Facebook ou conta Google.

Então, ele passa por mais uma etapa de verificação, onde preenche um formulário a fim de verificar a identidade.

Por fim, o usuário precisa adicionar a forma de pagamento, que pode ser feito através de carteira virtual ou de cartão (débito/crédito).

E pronto! Agora o usuário está cadastrado e pode usar o app para reservar viagens, pedir comida, realizar pagamentos etc.

Locais de atuação

Atualmente, a Grab atua apenas na Ásia, em países como:  Cingapura, Malásia, Indonésia, Tailândia, Vietnã, Filipinas, Myanmar e Camboja. 

Você pode conferir a lista completa dos locais clicando aqui.