Início » O impacto da fusão de Unidas e Localiza no mercado dos apps

O impacto da fusão de Unidas e Localiza no mercado dos apps

Ilustração de duas mãos se cumprimentando, ao lado está escrito "o impacto da fusão de unidas e localiza para os motoristas de app"

As duas principais locadoras de veículos do país, Unidas e Localiza, anunciaram uma fusão que promete abalar todo o mercado.

No dia 12 de setembro de 2020, as locadoras de veículos Unidas e Localiza anunciaram que pretendem incorporar suas ações, ou seja, realizar uma fusão.

Com o acordo firmado, a Localiza se tornará detentora de 100% dos papéis da Unidas.

Dessa forma, o valor de mercado da nova empresa será de R$50,5 bi. Além disso, a frota de veículos será de quase 491.000.

A fusão ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Quais são os impactos da fusão para os motoristas de aplicativo?

Em primeiro lugar, muitos motoristas alugam carro para trabalhar. Para motoristas que trabalham exclusivamente com apps, essa pode ser uma ótima opção.

Sendo assim, a fusão afeta diretamente esses motoristas. Isso porque nos últimos anos, o consumidor se beneficiou da “guerra” de preços envolvendo as locadoras de veículos. Com a fusão, o natural é que a concorrência diminua e a oferta de preços variados também.

Além disso, a fusão pode impactar diretamente outra categoria: as montadoras de veículos. As locadoras ampliaram suas atividades com a chegada definitiva dos apps de transporte no Brasil, isso porque as empresas oferecem, além da locação, venda de carros seminovos.

Veículos estes que são comprados das montadoras com descontos de até 30%. Com a criação da maior empresa desse setor do país, os representantes das montadoras temem que o poder de barganha seja ainda maior. 

O que dizem os envolvidos?

Em coletiva de apresentação do negócio aos investidores, Luis Fernando Porto, presidente da Unidas disse: “As empresas terão mais capacidade de alavancar plataformas tecnológicas para aumentar a eficiência e ter maior impacto positivo na experiência dos clientes”.

O diretor presidente e cofundador da Localiza, Eugênio Mattar, reforçou que a fusão reduzirá riscos como os vistos durante o ápice da pandemia que resultou no fechamento de lojas de locação: “Queremos liderar o desenvolvimento do mercado de mobilidade”.