Ilustração de um carrinho de supermercado, ao lado está escrito "Cornershop: o que é e como funciona?"

Cornershop: o que é e como funciona?

A Cornershop é uma startup de compras online de supermercado. Em outubro de 2019, a Uber adquiriu o controle majoritário da empresa.

Fundada em 2015, no Chile, a Cornershop é uma startup que conecta supermercados e consumidores.

Assim, por meio de um aplicativo, as pessoas conseguem realizar compras de produtos nos estabelecimentos cadastrados. É uma espécie de iFood, mas voltado apenas a compras de supermercado.

Nos transportes desses produtos, estão os chamados “shoppers”, pessoas que se cadastram na plataforma para realizar as entregas, semelhante a outros tipos de aplicativo.

Segundo o site da empresa (em espanhol), eles se definem como “um grupo de chilenos, um sueco e muitos mexicanos experts em tecnologia e em comércio digital”.

A ideia era simples: tornar sua vida mais fácil. Nós não apenas levamos mantimentos para sua casa, entregamos malas com tempo livre na porta de sua casa.

Cornershop

Assim, a empresa começou a atuar na capital chilena, Santiago, em maio de 2015. Em julho do mesmo ano, foram para Cidade do México. Quatro meses depois, já estavam também nas cidades mexicanas de Monterrey e Guadalajara.

Segundo a linha do tempo da empresa, 15 de julho foi o dia que marcou a primeira entrega: “coca, água e umas barrinhas”.

Em dezembro, a empresa já alcançava 100 mil produtos vendidos.

Porém, foi quatro anos depois, em outubro de 2019, que a Cornershop ganhou as capas das revistas de todo o mundo ao ser adquirida pela Uber.

Com a aquisição, o aplicativo foi incorporado à plataforma da empresa americana e, atualmente, os usuários podem realizar compras de supermercado pelo app.

Como funciona a Cornershop?

Para os usuários, a Cornershop funciona de maneira semelhante a outros aplicativos de delivery.

Desde de julho de 2020, nos locais em que ela já atua no Brasil, o serviço está disponível dentro do aplicativo da Uber. Dessa forma, ao selecionar a opção de mercado, o usuário pode escolher o estabelecimento e realizar as compras.

O pagamento é feito de forma online, via cartão, sendo aceito apenas cartões registrados no Brasil, mesmo os internacionais.

Fonte: Uber/Divulgação

Além do aplicativo da Uber, também é possível realizar compras pelo Cornershop em seu app próprio ou através do site.

Ao registrar o CEP, o usuário consegue ver quais são os estabelecimentos disponíveis em sua região.

Segundo a empresa, o tempo médio de entrega é de 60 minutos.

Para os entregadores ou “shoppers”, é exigido:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter cédula de identidade e carteira nacional de habilitação vigentes;
  • Caso seja estrangeiro, deverá ter o RNE;
  • Ter um veículo em bom estado, com ano igual ou superior ao de 2005 e ter permissão para circulação. 

O cadastro pode ser realizado dentro do próprio site da empresa.

A empresa realiza um treinamento com os entregadores antes destes iniciarem os trabalhos. Segundo a Cornershop, o treinamento é agendado e dura cerca de duas horas.

Também são fornecidos aos entregadores materiais personalizados da empresa, como a camiseta, as sacolas e equipamento de proteção contra COVID. Além disso, o entregador recebe o cartão para que ele realize as compras.

Após a retirada do material, ele já está apto a iniciar o trabalho.

Dentro do site da empresa, também estão disponíveis as informações sobre o fluxo de pagamento e modelos tributários.

A Cornershop informa que o entregador pode se inscrever como MEI, não tendo deduções de imposto e só pagando o DAS.

Cornershop cidades

Atualmente, o serviço está disponível nas seguintes regiões:

  • São Paulo;
  • ABC Paulista;
  • Osasco;
  • Barueri;
  • Alphaville;
  • Guarulhos;
  • Cotia;
  • Taboão da Serra;
  • Campinas;
  • Rio de Janeiro;
  • Niterói;
  • Duque de Caxias;
  • Baixada Fluminense;
  • Vitória;
  • Belo Horizonte;
  • Contagem;
  • Nova Lima;
  • Salvador;
  • Recife;
  • Brasília;
  • Goiânia;
  • Curitiba;
  • Porto Alegre;
  • Florianópolis.