Início » Como a Uber calcula tarifa?

Como a Uber calcula tarifa?

foto de uma calculadora

A Uber calcula a tarifa somando o preço base ao preço da quilometragem e do minuto rodado. Também pode ser cobrado um custo fixo ou uma taxa de reserva.

Publicado em 24/02/2021 – Atualizado em 18/08/2021

Se você é usuário da Uber, com certeza já se viu em uma situação onde não sabia se chamava um carro, pedia um táxi ou, ainda, iria de ônibus até o destino.

Isso acontece porque o preço é variável. Em certos momentos, é mais vantajoso. Em outros — quando há tarifa dinâmica, por exemplo — não.

Para saber se a corrida vale a pena ou não, dentro da sua realidade financeira, é importante entender como ela é calculada.

Aplicativo da Uber

Oferta e demanda

A verdade é, que como muitos outros serviços, a Uber obedece a lei da Oferta e Demanda.

Ou seja, o preço do serviço ofertado será mais alto, à medida que for mais difícil suprir toda a demanda.

Em termos gerais, são dois os motivos que podem levar a esse desequilíbrio no serviço da Uber: um pico de solicitação de corridas anormal, ou poucos motoristas disponíveis para atender corridas.

Quando esse conceito é aplicado em uma escala menor, por exemplo, falando de uma área ou bairro específicos, na verdade estamos descrevendo a tarifa dinâmica.

O ciclo da tarefa dinâmica: aumento de demanda, tarifas aumentam, motoristas vão ao local, passageiros procuram app mais barato ou desistem, relação entre passageiro e motorista é equalizada e tarifas voltam ao normal.

Atualmente, o preço dinâmico da Uber funciona através do acréscimo de um valor fixo ao que seria o valor original da corrida.

Antigamente, a dinâmica no aplicativo era calculada por meio de um fator multiplicador, ou seja, se a corrida em condições normais estava R$ 10, mas a dinâmica no local era de x1,5, a corrida seria 50% mais cara, R$ 15.

Agora, a dinâmica é um valor fechado, independente do preço original da corrida. Assim, se a dinâmica é de R$ 2, basta adicionar esse valor no preço original da corrida.

Novo dinâmica da Uber
Foto: Uber

Como calcular a tarifa da minha corrida?

O valor das viagens da Uber são definidas por cinco critérios

  1. Tarifa base: o preço inicial da viagem, um valor fixo semelhante a bandeirada no táxi; fator que sofre acréscimo no caso das tarifas dinâmicas.
  2. Preço mínimo: apesar de partir de um valor inicial, o valor da tarifa não pode ser inferior ao preço mínimo estabelecido, resguarda os motoristas de viagens muito curtas por preços muito pequenos;
  3. Custo por minuto: quanto você será cobrado por minuto enquanto a corrida durar;
  4. Custo por quilômetro: quanto você será cobrado por cada km rodado na corrida;
  5. Booking fee (taxa de reserva): possível tarifa adicional para cobrir custos adicionais presentes em todas as viagens das categorias Uber X e Juntos. Exemplo: viagens que necessitam do pagamento de pedágios.

Com isso em consideração, é assim que a uber calcula tarifa:

Valor base + (Valor por tempo x tempo da corrida) + (Valor por distância x distância da corrida)

É possível entender o valor cobrado consultando no próprio aplicativo. Basta colocar o local de partida e o destino final, como se fosse pedir uma viagem e clicar sobre o valor da categoria desejada. Aparecerá um detalhamento de preço como este:

Tabela de preço da Uber

Essas informações foram obtidas por meio de uma simulação de viagem no aplicativo da Uber.

Além dos valores descritos, encargos adicionais como pedágios também são cobrados. Estes, no entanto, vêm descritos no recibo final ao fim da viagem.

Preços da Uber

O que muda com a tarifa dinâmica?

A tarifa dinâmica aparece quando há um aumento de demanda em uma determinada região. Em um dia de chuva, por exemplo, mais pessoas solicitam carros do que é comum para aquele horário e região.

Para equilibrar oferta e demanda, a Uber ativa a tarifa dinâmica. Quando a oferta de motoristas chega ao suficiente para atender os passageiros que estejam solicitando corridas, as tarifas voltam ao normal.

Além de dias chuvosos, outros fatores ativam a tarifa dinâmica e, consequentemente, aumentam o valor da tarifa:

  • Hora do rush: Os horários de ida e volta do trabalho são momentos de picos nas solicitações de corridas dos apps. Por isso, é comum que a Uber ative o preço dinâmico por volta das 7 horas até as 10 horas da manhã e pela parte da tarde das 17 horas até as 20 horas.
  • Eventos: Eventos que estejam acontecendo na cidade como shows, passeatas, corridas etc também alteram os valores das corridas na região

Para não ser pego de surpresa, é possível calcular o preço estimado da viagem pelo próprio site da Uber. A empresa disponibiliza uma calculadora onde o passageiro pode solicitar a viagem no mesmo momento ou, ainda, agendar para um horário mais tarde.

Plataforma de solicitação da Uber