Início » Como funciona a integração da Machine com o iFood?

Como funciona a integração da Machine com o iFood?

motoboy na moto e logotipo da machine e ifood

Se a sua empresa de motoboy atende restaurantes que vendem pelo iFood, contar com um sistema integrado é essencial.

Publicado em 26/10/2020 – Atualizado em 2/7/2021

O iFood recentemente alcançou a marca de 60 milhões de pedidos por mês.

A maior parte desses pedidos são entregues pelos próprios estabelecimentos, que contratam motoboys próprios ou terceirizam para uma empresa.

Segundo o próprio iFood, 70% das entregas são feitas dessa forma, o que representa cerca de 42 milhões de entregas mensais.

Afinal, o app também disponibiliza um plano apenas para o uso do marketplace, sem entrega.

Restaurantes e lanchonetes são clientes importantes e de muito valor para as empresas de motoboy, pois é a garantia de um serviço recorrente.

Por isso, quem administra uma empresa de entregas rápidas e atende clientes que vendem pelo iFood, deve ficar atento na hora de contratar um sistema.

Afinal, a melhor forma de atender a esse tipo de cliente é tendo um sistema que consiga integrar os pedidos do iFood com o despacho das entregas.

Basicamente, os clientes vendem pelo principal aplicativo de delivery do Brasil, e as entregas vão automaticamente para os motoboys da empresa.

O sistema da Machine possui essa integração e hoje vamos mostrar como ele funciona.

Como integrar a Machine com o iFood?

A Machine também é um sistema para empresas de motoboys e entregas rápidas.

Assim, sabendo da importância dos clientes que vendem pelo iFood, integramos nossos sistemas.

Logo, os restaurantes conseguem despachar automaticamente suas vendas no iFood para a empresa de motoboy que o atende.

Exemplo prático: vamos imaginar que uma empresa de motoboy atenda uma pizzaria local.

O estabelecimento está no iFood, mas não realiza as entregas com os entregadores do app.

Por isso, ela contratou a empresa de motoboy da nossa história.

Sem uma integração, a cada pedido novo no iFood, o responsável pela operação logística da pizzaria teria algumas opções:

  • Digitar manualmente os endereços das entregas na plataforma;
  • Chamar o motoboy pelo aplicativo a cada novo pedido;
  • Enviar um WhatsApp para o motoboy mais próximo.

Note o tempo que esse funcionário perde apenas para solicitar o serviço do motoboy.

Tempo esse que, você bem sabe, não dá para perder em uma sexta-feira super movimentada.

Por isso, o sistema da Machine conecta os pedidos que chegam pelo iFood diretamente para a empresa de motoboy.

Assim, o entregador mais próximo é chamado automaticamente e realiza o serviço.

Como meu cliente realiza essa integração?

Da parte da empresa de motoboy, não há nada a ser feito, a não ser orientar seu cliente a fazer a integração.

Por isso, vamos te mostrar o passo a passo para ele ativar o envio automático dos pedidos do iFood para sua empresa.

1- Copiar o ID da loja no Portal do Parceiro iFood

O iFood disponibiliza uma espécie de código para os estabelecimentos cadastrados na sua plataforma. Esse é o ID da loja.

Para isso, basta acessar a área do Perfil, que fica no menu lateral à esquerda do Portal.

Chegando lá, é só copiar o código que estará apresentado na tela.

2- Colar o ID na configuração de integração na plataforma da Machine

O ID copiado no passo anterior deve ser inserido na área das configurações de integração na plataforma da Machine.

Para acessar o menu de integração Machine, basta ir em configurações, selecionar integrações e depois iFood.

Após isso, basta aguardar o recebimento da solicitação de acesso que será enviada pelo suporte da Machine.

3- Aceitar a solicitação enviada pela Machine para o Portal do Parceiro

Dentro do Portal do Parceiro iFood, o estabelecimento receberá um pedido de integração com a plataforma da Machine.

Essa solicitação pode ser encontrada na área de Aplicativos do Portal do Parceiro.

4- Verificar se a integração está ativa

Para garantir que o sistema esteja de fato ativo, recomendamos que o estabelecimento faça uma rápida checagem.

É só ir até o menu de Integrações na plataforma da Machine e conferir se o status da integração está definido como Ativo.