Como criar um aplicativo tipo Uber para mulheres?

O Uber para mulheres é, além de uma medida de segurança, uma nova oportunidade de ter seu próprio negócio.

Em 2017, a escritora Clara Averbuck foi vítima de abuso sexual praticado por um motorista Uber durante uma corrida. Após expôr o crime nas redes sociais, Clara deu início à campanha #MeuMotoristaAbusador.

A partir disso, muitas mulheres começaram a contar seus relatos de assédios e abusos sofridos em corridas particulares. O movimento, então, levantou soluções mais seguras para mulheres em corridas de aplicativos de transporte.

Uma delas foi a criação de aplicativos tipo Uber para mulheres.

Assim, diversos aplicativos surgiram pelo país e os já existentes ganharam mais visibilidade.

Motivada em prol da segurança, a iniciativa virou também uma nova oportunidade de diversas empreendedoras abrirem seu próprio negócio.

Mercado de apps de transporte

A ideia é boa, mas muitas empresárias devem se perguntar: existe mercado?

Afinal, apesar da insegurança e da insatisfação com as altas taxas cobradas, a Uber ainda é o aplicativo mais usado pelos brasileiros.

Segundo pesquisa divulgada pela Mobile Time, 80% dos usuários brasileiros tem a Uber como principal aplicativo. Em segundo lugar, está a 99 com 17% dos usuários.

Os outros aplicativos somados, com excessão da Cabify e da Easy, que não pontuaram, possuem 3% do mercado.

Contudo, apesar do número expressivo de usuários, você sabia que a Uber ainda não dirigiu nem 1% das milhas do mundo? Existe MUITO espaço para novos aplicativos.

Ela não está presente nem em 5% das cidades brasileiras, por exemplo. Isso quer dizer que apenas 10% dos brasileiros usam o serviço da Uber.

Empreendedorismo feminino

Sabendo que 95% das cidades do Brasil não tem Uber, surge aí um enorme mercado para empreender.

Mas quem pode fazer isso? Bom, no Brasil hoje existem cerca de 24 milhões de mulheres empreendedoras. O país tem a 7ª maior participação feminina entre os empreendedores iniciais.

Assim, o Uber para mulheres é uma ótima oportunidade de negócio para quem quer empreender, melhorar a mobilidade urbana das cidades e contribuir para a segurança de diversas mulheres.

Então, como fazer?

Como criar um aplicativo tipo Uber para mulheres?

Existem algumas formas para criar um aplicativo de transporte tipo Uber para mulheres.

Segundo os desenvolvedores de aplicativos da Tech Magic, republicado pela Use Mobile, criar um aplicativo como Uber leva em média 5.000 horas de trabalho. A Use Mobile conta que um desenvolvedor de apps cobra por hora de 20 a 150 dólares. 

Vamos usar como exemplo o desenvolvedor mais barato. O custo da produção do seu aplicativo seria de 200 mil dólares!

Não devemos esquecer que caso você queira fazer um aplicativo com um programador, ainda irá precisar arcar com os custos de manutenção e toda parte tecnológica. Por isso, muitas empresárias contrataram a Machine.

A ferramenta permite criar um app de transporte personalizado com seu nome, marca e configurar taxas e formas de trabalhar.Assim, a empreendedora tem a opção de cadastrar apenas motoristas mulheres e passageiras.

Entre os aplicativos desenvolvidos pela Machine estão a Driver Girls e Gurias na Direção.

Assim, caso você tenha ficado interessada, pode preencher o formulário abaixo para entrar em contato com alguém da Machine.