Início » Como conseguir clientes para minha empresa de motoboy?

Como conseguir clientes para minha empresa de motoboy?

Ilustração de 2 bonecos conversando

Confira algumas dicas e estratégias para conseguir clientes para sua empresa de motoboy.

Não é sempre que o cliente bate na sua porta querendo fechar negócios.

E mesmo quando isso acontece é bem provável que ele só tenha te procurado por alguma medida que você tomou.

Estar nas redes, mostrar-se acessível e, principalmente, mostrar que pode resolver algum problema ou oferecer alguma facilidade, tem sido pontos chaves para qualquer empreendimento.

O mercado cada vez mais se movimenta para que as empresas vão na direção dos clientes e não o contrário.

Então, se o cliente nem sempre vem até mim: como conseguir clientes para minha empresa de motoboy?

Apresente sua empresa

Pode parecer óbvio, mas uma forma de conseguir clientes para sua empresa de motoboy é tornando seu empreendimento conhecido.

Fique tranquilo, não estamos falando de grandes campanha publicitárias ou investimentos gigantescos em anúncios. Ainda que medidas como essas possam funcionar, nem sempre são possíveis ou necessárias.

Então, uma forma de popularizar sua empresa é através do envio de e-mails ou cartas de apresentação para possíveis clientes.

O conceito é simples, enviar um documento um pouco mais formal que apresente a empresa. Dentre outras coisas, ela pode conter:

  • Um breve histórico da empresa;
  • Os serviços que realizam;
  • Que áreas atendem;
  • Clientes que já atenderam;
  • Endereço e formas de contato;

A ideia é que clientes em potencial tomem conhecimento de que existe uma empresa de motoboy que pode ajudá-los a melhorar e crescer, através da logística.

Alguns exemplos de bons destinatários são: restaurantes, lanchonetes, farmácias, mercados e outros estabelecimentos que poderiam se valer do serviço de motoboys.

Dê uma olhada no nosso modelo de proposta comercial para empresas de motoboy.

Flyers e cartões

Já conhecidos por todo mundo, flyers e cartões de visita são materiais físicos que normalmente contam apenas com as informações de contato da empresa e, no caso dos flyers, com os serviços oferecidos.

A grande vantagem desse tipo de material é a capacidade de ser levado para diversas pessoas.

Eles podem ser entregues após a prestação de um serviço, diretamente para um cliente que pode guardá-los ou repassá-los a algum interessado, distribuídos em pontos estratégicos da cidade, ou até mesmo deixados em estabelecimentos parceiros ao alcance dos clientes.

O importante é que quando o cliente precisar de um serviço de motoboy, ele saiba exatamente como e onde te encontrar.

Para os motoboys autônomos, nós criamos um modelo de cartão de visita.

Cartão de visita para motoboy

Divulgação orgânica nas redes

É muito importante para qualquer negócio estar nas redes sociais.

Afinal, antes de se decidir por um negócio é normal que o cliente pesquise e se informe sobre quem está contratando.

Porém, mais do que só estar nas redes, é preciso estar nas redes certas.

Por exemplo, na maioria dos casos, uma empresa de motoboy não vai necessitar de um perfil no Twitter para atrair clientes.

Mesmo que você queira estar nessa rede, para geração de engajamento, é preciso pensar se o esforço de construir um perfil ativo compensaria e traria resultados.

Por isso, o recomendado é focar nas redes que podem trazer um resultado, conectar-se com o seu público e clientes e que possa ser abastecida com um conteúdo útil.

Na maioria dos casos, o mais interessante para uma empresa de motoboy é utilizar o Facebook e o Instagram, por onde podem divulgar campanhas, promoções e compartilhar o funcionamento do dia a dia dos serviço da empresa.

Essas redes permitem impulsionamento pago para publicações.

Sites especializados

Você sabia que há sites especializados para empresas de motoboy?

São lugares em que você se cadastra e disponibiliza informações da sua empresa como: tipo de serviço, área de atuação e formas de contato.

Assim, um cliente que já esteja procurando por uma empresa de motoboys, ao pesquisar em motores busca, como o Google, provavelmente será levado a um desses sites.

Alguns exemplos de sites são:

  • Mr. Frete;
  • MotoboyRJ;
  • oHub.

Boas práticas de SEO

SEO, sigla em inglês para Search Engine Optimization ou Otimização para Motores de Busca, nada mais é que um conjunto de práticas para posicionar uma página ou site entre os principais resultados do Google.

Segundo o blog do Neil Patel, profissional renomado do Marketing Digital:

“A ideia por trás do SEO é que, quando essa pesquisa tenha relação com aquilo que a sua empresa oferece, seja uma página dela que apareça entre as primeiras sugestões.”

Para empresas de motoboy que já tem o próprio site, a ideia é adaptar a página principal ou até mesmo um artigo de blog, para que ele ocupe as primeiras posições nos resultados de pesquisa.

Assim, com esse conjunto de práticas é possível dar mais visibilidade ao seu negócio, mesmo sem pagar por isso.