Início » Com a pandemia, táxis fazem sucesso no exterior

Com a pandemia, táxis fazem sucesso no exterior

letreiro escrito taxi

O New York Times e a Bloomberg apontaram aumento no número de corridas de táxi nos Estados Unidos. Crise de escassez de motoristas de app ajuda a explicar.

A participação dos táxis no número total de corridas em Nova Iorque teve o maior aumento desde 2015.

Foi o que apontou reportagens dos principais meios de comunicação do mundo, como o New York Times e a revista econômica Bloomberg.

Com a ascensão dos transportes particulares por aplicativo, o mercado do táxi sofreu uma queda significativa na sua participação de mercado.

Encabeçados principalmente pela Uber, essas empresas apareceram em meados de 2014 e não demoraram muito para alcançar e superar as cooperativas de táxi.

Com a pandemia do coronavírus, os táxis, que já estavam em uma posição fragilizada sofreram outro golpe duro com a drástica diminuição do número de usuários:

“Os trabalhadores passaram a trabalhar de casa, não haviam turistas e ninguém queria estar no mesmo carro que um estranho”

Tainur Rahman, taxista em Nova Iorque há quase 10 anos

Agora, pouco mais de um ano depois, quando Nova Iorque e os EUA se despedem da pandemia, a volta da população às ruas leva a um pico de uso nos transportes.

Mas nesse caso, a lógica não é que as coisas voltem a ser como eram antes? Os transportes por aplicativo não deveriam ser dominantes?

Sim. Os transporte de aplicativo ainda detém a maior parte das corridas por Nova Iorque.

Em 1/3/2021 a participação de mercado em corridas feitas era a seguinte:

  • Transportes de aplicativo com 81,1% das corridas;
  • Táxis com 10,9%;
  • Outros veículos em terceiro com 7,5%;
  • E táxis especiais com 0,5%.

O ponto é que em 01/4/2020, no começo da pandemia, os táxis possuíam apenas 4,7% de participação.

Crescimento

Pela primeira vez desde 2016, o crescimento no número de viagens de táxi supera o crescimento das viagens por aplicativo.

E supera com louvor.

Estudos da NYC Taxi & Limousine Commission apontam um crescimento de 807,9% das viagens de táxi, contra apenas 227,1% dos transportes de aplicativo.

Os negócios estão ótimos. Nunca tinha visto assim.

Tainur Rahman, taxista Nova Iorquino a quase 10 anos

Isso quer dizer que no período de fim da pandemia e de normalização dos hábitos da população, os táxis se mostraram fortes competidores por um espaço que era totalmente dominado por grupos como Uber e Lyft.

Causas

Os principais motivos para tantas pessoas estarem optando pelos táxis, é o aumento dos preços e do tempo de espera nas corridas de aplicativo.

Isso se dá pela redução no número de motoristas cadastrados.

Na pandemia muitos não puderam manter o sustento trabalhando como motoristas e recorreram a outros empregos mais formais ou a auxílios do governo.

Um outro ponto é a implementação da tecnologia de aplicativos por parte dos próprios taxistas. Cerca de 2/3 dos táxis de Nova Iorque já aderiram ferramentas que permitem aceitar chamadas online.