Flex Velozz: como funciona uma empresa de entregas para e-commerces?

Conversamos com Tássio Vieira, fundador da Flex Velozz, empresa que realiza entregas para lojistas do Mercado Livre e de outros e-commerces em São Paulo.

Tássio Vieira aprendeu a pilotar uma moto aos 19 anos. Tarde, segundo ele.

Seu pai, que na época vendia botijões de gás, contava com a ajuda do filho para realizar as entregas.

Certo dia, perguntou se Tássio não desejava aprender a se locomover sobre duas rodas.

Ele topou e a partir daí nunca mais parou.

Em algumas semanas, já estava realizando entregas para uma das maiores redes de Fast Food do país.

Mas ele queria mais. Queria conhecer cada canto da cidade de São Paulo.

“Lá, eu conseguia ganhar bem, mas me sentia preso trabalhando apenas em uma região, eu queria conhecer São Paulo. Então acabei indo para uma empresa de entregas e lá eu rodei toda Grande São Paulo, Santo André, São Bernardo, São Caetano (…)”.

Porém, a empresa não durou muito e ele voltou a realizar as entregas da rede de Fast Food.

Apaixonado pela profissão, conta que não largaria a moto por nada.

E a paixão foi tanta que em fevereiro de 2020, fundou a Flex Velozz junto com seu sócio Flaviano.

Atualmente, a empresa conta com uma frota de 12 entregadores, realizando cerca de 750 entregas semanais para lojas como a perfumaria Goya, a loja Khadija e a SISALSUL.

A fundação da Flex Velozz e a decisão pelo e-commerce

A ideia para a criação de uma empresa de entregas que pudesse atender e-commerces da cidade, veio durante algumas conversas com seu sócio.

“A gente se conheceu na rua, realizando entregas e logo pegamos afinidade. Ele, que já chegou até a ser garoto-propaganda de um aplicativo grande, sempre me falava dessa paixão pelo e-commerce, e eu também adorava trabalhar nesse setor. Então montamos a Flex Velozz”.

E desde o início, eles decidiram trabalhar exclusivamente com e-commerces. Para Tássio, o grande diferencial do setor é o público. Mas ele dá uma dica, é necessário ter paciência e amor por trabalhar com o público.

“O e-commerce cresce muito no Brasil. E isso é ótimo pra gente, mas você precisa ter paciência. Se você não gosta de trabalhar com pessoas, nem entre no ramo, porque você vai levar xingamentos, elogios, muitas críticas (…) mas pra mim e pro meu sócio, é um prazer. A gente entra em contato com o cliente, pergunta se a entrega foi feita corretamente ou se ele está precisando de algo”.

Aquisição de clientes: o principal desafio de uma empresa de entregas

Tássio é enfático ao afirmar que a divulgação e a aquisição de novos clientes são os principais desafios de uma empresa como a Flex Velozz.

“A concorrência é grande e os principais nomes do mercado têm verba para contratar uma celebridade e fazer a divulgação. Isso dá credibilidade para a sua marca. Nós, que começamos pequenos, precisamos nos provar a cada dia. Eu tenho clientes que hoje admitem que não estavam seguros quando começaram com a gente, mas foram vendo a qualidade do nosso trabalho”.

Em compensação, Tássio enxerga que as grandes empresas não possuem o mesmo zelo no atendimento ao cliente. “Eu costumo falar com meu sócio que mesmo quando ficarmos gigantes, precisamos manter essa nossa essência, pois dando um atendimento de qualidade, os clientes vão sempre falar bem de nós”.

Para ele, é essencial que o cliente acompanhe a entrega do produto, sabendo exatamente onde ele está. Por isso, tanto Tássio quanto seu Flaviano estão sempre em contato com os lojistas.

Qualidade vs Preço

Para Tássio, o mercado de entregas está de fato muito concorrido. Mas a qualidade dos serviços ainda é baixa.

Ele revela que às vezes acaba perdendo clientes que desejam pagar menos, mas que eles sempre retornam, alegando falta de suporte e cuidado.

“O que manda hoje no mercado é a qualidade. Quando uma empresa cobra um valor muito baixo, ela acaba tirando alguma coisa e geralmente é o suporte ao cliente. É como eu falo, não adianta você comprar um hambúrguer completo por R$ 1,00, aquilo pode acabar te dando dor de barriga”.

Entregando para o Mercado Envios Flex

Há alguns meses, a Flex Velozz descobriu o Mercado Envios Flex, o sistema de entregas no mesmo dia do Mercado Livre.

Como essa é uma das especialidades da empresa, eles enxergaram uma boa oportunidade de negócio.

Por isso, começaram a bater de loja em loja, oferecendo seus serviços.

Por ainda não estarem na lista de indicação do Mercado Livre, alguns clientes acabam enxergando com desconfiança, por isso, Tássio explica que a missão da empresa é mostrar a responsabilidade e a capacidade de executar o serviço de forma bem-feita.

“Optamos por essa área devido a nossa experiência e tem dado super certo. Mas o principal desafio continua sendo a aquisição de novos clientes e, por isso, nas próximas semanas vamos investir ainda mais na divulgação, com vídeos e outras ações nas redes sociais”.

Ele explica que não há atalho nessa área, é preciso ir atrás dos clientes. “Eu vivo 24 horas procurando clientes.Eu acordo de manhã e já começo a enviar e-mails para as empresas, oferecendo nossos serviços, até um dia que fecharmos um contrato grande”.

O dia a dia de uma empresa de entregas

Tássio explica que logo pela manhã, a empresa aciona os entregadores da frota.

Ao mesmo tempo, entra em contato com os lojistas para negociar as entregas do dia.

Entre meio-dia e 13h, os entregadores começam a retirar os produtos nas lojas, enviando-os até a base, no bairro da Vila Leopoldina.

Com os produtos na sede, os gestores começam a organizar as entregas de acordo com as regiões de São Paulo. Por exemplo, há um entregador voltado para as entregas na Zona Leste, outro na Zona Sul e assim por diante.

Em seguida, é feito o despacho dos produtos.

Para o futuro, a empresa pretende investir nas entregas com carros, que segundo Tássio, é o melhor caminho para o setor.

Para acompanhar a Flex Velozz, visite o instagram @flex_velozz_transporte_.

Como fazer entrega no iFood? Veja como fazer o cadastro

Quer saber como fazer entrega no iFood? Então acompanhe o passo a passo que fizemos para quem deseja se cadastrar na plataforma.

O iFood cresceu monstruosamente durante a pandemia.

Atualmente, o aplicativo realiza 48 milhões de entregas mensais, tendo uma base de mais de 160 mil entregadores e 236 mil restaurantes parceiros.

Para saber tudo sobre o app de delivery, confira aqui o conteúdo que preparamos.

Se você deseja realizar entregas pela plataforma, preparamos um guia prático de como realizar seu cadastro dentro do aplicativo.

Baixe o app iFood para Entregadores

O primeiro passo é baixar o app “iFood para Entregadores’‘, disponível na Play Store para celulares Android.

Com o app instalado, basta iniciar seu cadastro.

Insira seus dados pessoais

Para fazer o cadastro no aplicativo, é preciso preencher dados como nome, CPF, e-mail e número de celular.

Você receberá um SMS com um código de ativação.

Não se esqueça de marcar “Li e concordo com os termos de uso” para prosseguir com o seu cadastro.

Tipos de Entrega

Nessa etapa você terá que definir a sua forma de entrega.

Existem duas opções.

A chamada Nuvem, que são os autônomos, na qual você trabalha de acordo com seu próprio horário e em qualquer região de atendimento do iFood.

E também o Fixo em restaurante, que é a opção para quem já trabalha com algum comércio parceiro do iFood.

Região

O próximo passo é escolher a região em que você deseja atuar com entregas.

Você pode pesquisar a sua região na barra de pesquisa cinza e adicioná-la como uma das regiões em que você pretende trabalhar.

Meios de Entrega

Em seguida você terá que definir como fará as entregas. As opções são de acordo com a região escolhida no passo anterior.

Você escolhe o modal que deseja utilizar, como carro, moto, patinete ou bicicleta.

Documentação

O penúltimo passo é a documentação.

É necessário disponibilizar uma foto da CNH (se for fazer entregas com veículo motor), além de uma imagem de rosto e os dados da sua conta bancária.

Com o cadastro finalizado, aguarde a validação por parte do iFood.

Após esses passos você receberá instruções sobre o uso da plataforma pelo seu email e pelo aplicativo.

É necessário esperar um período de ativação, passado esse período, você poderá aceitar os primeiros pedidos.

Como aceito uma corrida?

Lembre-se, para aceitar uma corrida, é preciso ter mais de 20% de bateria no celular e ativar a sua localização.

Também é importante estar sempre informado sobre os melhores dias e regiões para fazer entregas, assim como entender quais bairros da cidade possuem o maior número de restaurantes/pedidos.

Bom trabalho!

Shippify: o que é e como funciona?

A Shippify é uma plataforma de gestão de entregas rápidas e logística que disponibiliza entregadores para empresas cadastradas.

Você já deve estar cansado de ouvir como o mercado de entregas se expande e se desenvolve a cada dia.

Grande parte desse desenvolvimento é devido aos novos modelos e soluções aplicadas na área.

Métodos como o Crowdshipping, onde as entregas são feitas por meio de intermediários e não contratados, hoje dominam o mercado.

Nesse contexto, existem cada vez mais oportunidades de se inserir nessa economia colaborativa, já que o número de serviços na área aumenta exponencialmente.

O que é a Shippify?

A Shippify é uma plataforma de gestão de entregas rápidas e logística que disponibiliza entregadores para empresas cadastradas, sejam lojas físicas ou e-commerces.

Mais de 1600 empresas em toda a América Latina já utilizam a Shippify.

Dentre os nomes de maior destaque estão o grupo Carrefour, a Amazon, a Nextel e a Buscapé.

No Brasil, a Shippify está presente em diversas cidades, espalhadas por 17 estados e o Distrito Federal.

Até aí, você não deve estar vendo nenhuma novidade. Mas o diferencial da plataforma é a possibilidade de operar em distintas etapas logísticas, oferecendo ainda mais oportunidades e facilidades para o mercado como um todo.

A seguir, vamos abordar como se estrutura e como funciona a plataforma, tanto para empresas, quanto para motoristas e clientes finais.

Shippify para entregadores

Os entregadores ou, como são chamados pela empresa, os Shippers, são pessoas que se cadastram na plataforma Shippify para realizar entregas das empresas parceiras.

As entregas são feitas através dos veículos próprios dos entregadores, que vão desde motos até caminhões. Assim, a Shippify atua apenas como intermediária entre o entregador e os estabelecimentos, não constituindo relação empregatícia.

Como dito anteriormente, a Shippify participa de mais de uma etapa logística.

Isso é realizado justamente através de seus entregadores, que também podem realizar entregas da primeira milha. Ou seja, entregas que partem de fabricantes e seguem até os centros de distribuição.

Na questão do funcionamento para entregadores, o aplicativo da Shippify não possui grandes diferenças para outros serviços da mobilidade urbana. O motorista pode definir quando está disponível ou não, podendo receber pedidos caso esteja.

O aplicativo, possui integração com plataformas de mapas como, Google Maps e Waze, e realiza a sua própria otimização de rotas, tornando a vida dos entregadores mais simples.

Além disso, é possível se comunicar com operadores e destinatários instantaneamente, melhorando a performance.

Como ser um entregador Shippify?

Documentos exigidos

  • Carteira Nacional de Habilitação dentro da validade;
  • Comprovante de residência atual;
  • Dados bancários;
  • Atestado de antecedentes criminais;
  • Documento do veículo;
  • Foto do veículo;
  • Certificação de MEI.

O envio da documentação pode ser feito através de fotos ou prints, ao se cadastrar no aplicativo de entregador.

O próprio aplicativo te mostrará o passo a passo.

Assim como outros serviços do meio, é necessário ser MEI (Microempresário Individual).

Isso assegura seus benefícios como trabalhador.

Ganhos e Repasse

Os valores das entregas são definidos de acordo com diferentes fatores como tipo e volume do produtos, distância, número de entregas numa mesma rota, modalidade de entrega, etc.

Sempre que surgir uma entrega você terá acesso ao valor que irá receber antes mesmo de aceitá-la.

O recebimento dos valores acontece por meio de uma transferência para a sua conta bancária cadastrada, o dia de recebimento será informado por e-mail.

Lembrando que é obrigatório emitir nota fiscal para receber valores a partir de R$500. Nesses casos o depósito vai variar conforme a data de envio da entrega.

Shippify para empresas

As empresas que utilizam a Shippify em seus serviços estão contratando um serviço de última milha. Ou seja, um serviço que irá realizar a entrega final de um produto até o cliente.

Para ter acesso ao serviço, basta cadastrar sua companhia através do site shippify.co.

Por lá também é possível solicitar e gerenciar as requisições de entregas.

É importante ressaltar que a plataforma Shippify não pode ser operada via aplicativo por empresas.

O app Shippify disponível nas lojas de aplicativos é a ferramenta dos motoristas, por onde eles recebem os pedidos de entrega.

O fato da gerência ser realizada unicamente pelo site, não é um fator negativo, já que a ferramenta estará integrada ao site ou a um aplicativo, caso a empresa possua.

Dessa forma, os pedidos feitos por meio da plataforma não estarão computados e disponíveis na Shippify, facilitando também a integração e orientação dos entregadores.

No aspecto de integração com entregadores, é possível definir diversas configurações para as entregas, de forma que o sistema definirá o entregador mais adequado disponível. São alguns exemplos:

  • Tamanho da Carga;
  • Entregas agendadas ou imediatas;
  • Múltiplas paradas durante o trajeto.

Para o cliente final

Rastrear Shippify: como fazer rastreio da entrega?

A plataforma Shippify também conta com rastreio de entrega, que pode ser feito facilmente pelo cliente final ao inserir o código da entrega no campo determinado, na página principal do site.

É possível acompanhar o deslocamento final do entregador até os endereços da entrega, assim como nos aplicativos de mobilidade urbana.

Circuit: aplicativo para criação de rotas de entregas

O Circuit é um aplicativo que auxilia entregadores e motoristas a traçar rotas para as entregas das suas encomendas.

Planejar e escolher os caminhos e rotas de forma a ser mais eficiente e ter menos custos pode ser a diferença entre um bom ou mau serviço.

Afinal de contas, seja falando de um negócio de transporte de passageiros ou de entregas, o cliente sempre vai desejar o serviço o mais rápido possível.

Então, buscando solucionar um problema presente no cotidiano dos profissionais surgiu o Circuit.

O que é o Circuit?

O Circuit é um aplicativo para celular, que pode ser baixado nas lojas de aplicativos dos sistemas operacionais Android e iOS (Play Store e AppStore, respectivamente).

O aplicativo possui uma versão de teste gratuito de 14 dias. Caso o usuário queira contratar é cobrada uma mensalidade de R$ 59,99.

Ele não possui versão para computador, afinal de contas, ele foi pensado principalmente para entregadores, então era necessário que ele pudesse estar sempre à mão.

O Circuit traça a melhor rota possível para o caminho que você desejar fazer, independente de quantas paradas forem necessárias no trajeto.

Assim, com as rotas planejadas e otimizadas, você realiza as entregas pelo menor caminho disponível, com mais velocidade e ainda economiza tempo e combustível.

Utilizado tanto por empresas e companhias, quanto por entregadores autônomos, o Circuit já conta com mais de 50 mil usuários ao redor do mundo, otimizando mais de 300 milhões de entregas por ano.

Como funciona?

O aplicativo conta com um funcionamento simples, tornando seu uso prático.

O único trabalho manual necessário é a definição do trajeto e das paradas no caminho.

Recursos do Circuit

Podem ser definidas até 500 paradas no caminho, o que é um número muito superior ao que os entregadores fazem por dia, demonstrando assim a capacidade do aplicativo.

A ferramenta começa mostrando um mapa com a sua localização. A partir dele ou através da barra de pesquisa do aplicativo você define quais serão suas paradas.

É possível adicionar informações personalizadas sobre cada parada como:

  • o produto a ser entregue;
  • quem deve receber;
  • se é necessário solicitar algum documento.

O Circuit também oferece a opção de programar uma rota. Ou seja, você pode definir um percurso com antecedência e informar o horário de partida desejado.

Você também pode definir o endereço de retorno. Por exemplo, você pode especificar se deseja encerrar o seu trajeto no mesmo local em que começou ou em outro ponto.

Assim, sua volta para casa ou pro centro de distribuição da empresa também é levada em conta, tornando também o seu retorno mais rápido e menos cansativo.

É possível também definir a prioridade das entregas, caso alguma precise ser entregue em um período específico de tempo. Dessa forma sua rota também será pensada para que você atenda todos os prazos necessários.

O aplicativo também permite adicionar ou retirar paradas durante o trajeto, se adequando a eventuais mudanças que possam ocorrer. Sua rota será imediatamente otimizada e você poderá seguir com tranquilidade.

Os dados da empresa revelam que os motoristas economizam em média 1 hora todos os dias com o uso do aplicativo.

São diversos motivos pelos quais o Circuit pode contribuir com seu trabalho, mas também é importante analisar o quanto ele pode contribuir para sua vida pessoal.

Reduzir jornadas de trabalho, diminuindo o tempo excessivo em trânsito e consequentemente o nível de estresse, permite que você tenha maior qualidade de vida.

LoggiBUD: empresa cria plataforma de pesquisas

A plataforma LoggiBUD é um investimento em pesquisa para otimizar os resultados da empresa de entregas.

Como já pontuamos em outras ocasiões, os serviços de entregas já são, e tendem a ser cada vez mais, imensamente relevantes no ecossistema da mobilidade urbana.

Cada vez mais será exigido que os negócios disponibilizem ou tenham acesso a formas mais eficientes de oferecer seus produtos aos clientes.

Desse contexto surgiram empresas como a Loggi, que logo se consolidou como uma das startups de maior valor e sucesso no Brasil.

A empresa oferece um serviço de entregas de última milha, ou seja, é responsável pela parte final das entregas, ou seja, levar o produto até as mãos do consumidor.

Entre distribuição, armazenamento e entregas a empresa criou uma malha logística muito bem desenvolvida ao redor do país.

Com seus mais de 40 mil entregadores cadastrados, a empresa disponibiliza entregas via moto, automóvel e avião, realizando mais de 300 mil entregas por dia, entre entregas imediatas e transportes nacionais.

Agora, a Loggi parte para um novo propósito: usar seu poderoso banco de dados para incentivar pesquisas sobre logística.

LoggiBUD

De onde surgiu?

Todo o serviço da Loggi gira em torno de uma logística bem desenvolvida.

A empresa realiza entregas de produtos diversos em 540 municípios do país, divididos entre todas as regiões.

Analisando a logística do grupo por um ponto de vista mais amplo, considerando apenas o alcance e amplitude do serviço oferecido, provavelmente diríamos que já é um serviço de ponta.

Porém, a própria Loggi reconheceu um espaço para crescimento e melhoria, e daí surgiu o desenvolvimento do LoggiBUD.

O que é?

A BUD (sigla em inglês para benchmarking para entregas urbanas), é uma plataforma de fomento a pesquisas acadêmicas na área de logística.

Ela é composta por um universo de dados, informações e algoritmos sobre determinada cidade ou área, buscando analisar e entender a melhor maneira de realizar entregas em um território urbano.

Se trata de uma ação de benchmarking, uma pesquisa de mercado, com o objetivo de trazer para o negócio as melhores práticas possíveis.

Naturalmente, esse conglomerado de dados e análises será de muita utilidade para pesquisas acadêmicas na área da logística e, por sua vez, o desenvolvimento dessas pesquisas será muito benéfico para o ramo em que a Loggi opera.

A LoggiBUD vai começar com informações das regiões metropolitanas de Belém (PA), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ), mas em breve espera ampliar para demais áreas do Brasil.

LoggiBUD como um diferencial no serviço

A plataforma se torna um diferencial no serviço da Loggi, justamente por analisar as “menores” partes que compõem o fluxo logístico, mas que tem grande impacto na eficiência do resultado entregue pela empresa.

São analisados diversos fatores pontuais que, quando observados em conjunto, contribuem para que a parte prática do serviço, o trabalho realizado pelos entregadores em si, ocorra com o mínimo de empecilhos. Dentre eles:

  • Geografia das rotas;
  • Distâncias totais;
  • Aspectos socioeconômicos da região;
  • Número médio de entregas realizadas.

Problema de Roteamento de Veículos

Toda essa interpretação mais minuciosa dos dados busca solucionar o Problema de Roteamento de Veículos, um clássico desafio das áreas de administração e logística.

O Problema de Roteamento de Veículos é o desafio de construir um conjunto de rotas de um depósito para diversos pontos de demanda, de modo que a soma dos comprimentos, trajetos e gastos seja minimizada.

Em comunicado à imprensa, Fillipe Goulart, engenheiro de Software da Loggi, constata:

“Em todo o mundo, áreas metropolitanas testemunham a entrega de centenas de milhares de pacotes e correspondências. Com isso, precisamos de soluções dinâmicas e rápidas para despachá-los à medida que são recebidos. Além disso, as entregas nessas áreas são distribuídas de forma muito desigual, o que exige também que essas soluções sejam inteligentes para evitar rotas longas e com altos custos, tanto para a empresa como para o entregador”

É importante ressaltar que a plataforma não vai divulgar dados de clientes para o estudo.

Dessa forma, além de preservar a privacidade de todos, a plataforma não limita os estudos a situações que já ocorreram, abrindo espaço para diversas simulações.

Ame Flash: como fazer entregas para as Lojas Americanas?

O Ame Flash é o aplicativo que faz as entregas para as lojas do grupo B2W, que inclui Lojas Americanas, Submarino e Shoptime.

O mercado de entregas passa por um crescimento exponencial nesse momento.

Mesmo antes do período da pandemia de COVID-19, já era possível perceber o quanto esse tipo de negócio se expandia ao observar inúmeros casos de sucesso em investimentos na área, como Ifood e Loggi.

São cada vez maiores os grupos comerciais que entram nesse setor da logística urbana, saindo do antigo modelo padrão de entregas, para a criação de um sistema próprio que terceiriza o transporte até o consumidor, a chamada última milha.

Esse modelo de sistema já se consolidou, beneficiando não somente as empresas, que agora podem expandir sua rede de entregas com mais facilidade, mas também as pessoas que têm interesse em se tornar entregadores, já que existem diversas vagas no mercado.

E uma das possibilidades para quem deseja entregar, e de quebra ter mais autonomia e tirar aquela grana extra é justamente a Ame Flash.

A Ame é o aplicativo de entregas do gigante grupo B2W, atendendo a diversos e-commerces das marcas que compõem o grupo, como as Lojas Americanas, a Submarino e a Shoptime.

Em que lugares a Ame Flash atua?

O serviço da Ame Flash está disponível em 639 cidades ao redor do Brasil, como por exemplo:

  • São Paulo;
  • Rio de Janeiro;
  • Curitiba;
  • Belo Horizonte;
  • Brasília;
  • Campinas;
  • Salvador.

Para saber quais são as outras cidades atendidas pelo Ame Flash, vá na página de dúvidas do aplicativo.

Como me cadastrar como motorista na Ame Flash?

Primeiro é necessário baixar o aplicativo para o seu celular nas lojas de app, Play Store ou App Store, dependendo do seu dispositivo.

Ao acessar o aplicativo a seguinte tela será exibida:

Nela, você seleciona a opção “Quero entregar”, que vai te levar até a página de cadastro:

Após uma breve confirmação do seu número de telefone através de uma mensagem SMS, você poderá criar a senha da sua conta no Ame Flash.

Para finalizar seu processo de cadastro como entregador Ame é necessário apresentar alguns documentos, como carteira de identidade e CNH, para comprovar alguns dos requisitos da plataforma.

Fique tranquilo, pois o envio dos mesmos é feito com segurança, através de fotos, pelo próprio aplicativo! Os requisitos são:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Ser MEI (Microempreendedor Individual);
  • Ter Carteira Profissional Definitiva de Habilitação para carros e motos;
  • Ter EAR (Exerce Atividade Remunerada) na carteira de motorista;
  • Não ter nenhum registro no seu Atestado de Antecedentes Criminais;
  • Utilizar um veículo com licenciamento válido;
  • Para entrega de bike ou a pé, ser MEI para cadastro.

Após o envio, suas informações vão para a Verificação de Segurança, processo que leva apenas alguns minutos. Caso sejam aprovadas, você receberá um e-mail de confirmação e após isso já poderá utilizar a Ame Flash para fazer as entregas.

Qual a relação entre entregadores e a Ame?

Por ser necessário ser MEI, o entregador não se torna um funcionário da Ame Flash, mas sim um profissional autônomo.

A plataforma funciona apenas como intermediária do serviço entre clientes e entregadores, não havendo relação hierárquica, ou trabalhista entre a Ame Flash e os entregadores.

Quanto vou receber como entregador?

Como dito acima, o entregador passa a ser um profissional autônomo. Dessa forma, o valor a ser recebido varia de acordo com o desempenho, ou seja, depende da quantidade de entregas feitas.

Vale ressaltar que o aplicativo pode solicitar entregas de Segunda à Sexta das 9h às 19h; Sábado e Domingo das 9h às 16:00h. Assim, o entregador tem bastante liberdade para trabalhar e ganhar conforme sua disponibilidade.

A quantia recebida por corrida corresponde a um preço proporcional ao valor cobrado no frete da entrega do cliente.

O recebimento é feito através da Ame Digital, a conta digital gratuita do grupo B2W. O valor fica disponível para uso imediato ou transferência para outras contas.

Como funciona o aplicativo para entregadores?

O aplicativo Ame Flash é bem intuitivo, tanto no processo de cadastro, onde ele te guia passo a passo até a conclusão, quanto no próprio recebimento de serviços, tendo um funcionamento semelhante ao de plataformas como a Uber.

Os entregadores vão ser chamados via aplicativo para fazer as entregas das Lojas Americanas, Shoptime e Submarino.

Ao receber uma solicitação, irá aparecer na tela do entregador o preço pelo serviço, a quilometragem e o bairro onde vai ocorrer a coleta e a entrega do produto. Basta o entregador aceitar ou não.

No caso de aceite, o entregador vai até o local e, antes de chegar, deve sinalizar, pelo próprio app, que chegou no local da retirada. A empresa afirma que é importante que essa sinalização seja feita, ou o serviço pode ser redistribuído para um outro entregador.

Ao chegar na loja, ele deve apresentar RG ou CNH e informar o código da retirada.

Caso haja mais de um pedido, o app calcula automaticamente uma rota para entrega, mas não é obrigatório que ela seja seguida.

Com os produtos em mãos, o entregador vai até o cliente, realiza a entrega, colhendo dados como nome completo, CPF e assinatura igual a do RG.

Também é possível optar por uma foto do cliente como comprovante na hora da entrega.

Por que donos de empresas de entregas contratam a Machine?

As principais razões que levam os donos de empresas de entregas a optar pela tecnologia de aplicativos da Machine.

Nenhum outro serviço ganhou tanto espaço durante a pandemia do Coronavírus quanto o do ramo de entregas.

Isso porque a praticidade e o conforto que são oferecidos por esses tipos de serviços, vieram a calhar com a necessidade coletiva de permanecer o máximo possível dentro de casa.

Porém, já analisando além do cenário atual, não há indícios de que o ritmo de crescimento dos serviços de entrega irá diminuir.

Pelo contrário, a tendência é que cada vez mais as pessoas optem pela facilidade de uma entrega diretamente em mãos.

Dessa forma empresas de tecnologia como a Machine, que trabalham com a produção de aplicativos de entregas, serão cada vez mais relevantes.

Por isso, nos últimos meses, recebemos centenas de empresários do ramo das entregas com necessidades semelhantes.

Para automatizar o despacho das entregas

Ao integrar seu serviço de entregas a um aplicativo, a primeira melhoria que pode ser rapidamente notada é a diminuição do trabalho manual.

Ter as entregas gerenciadas por meio de um aplicativo não é um facilitador somente para o cliente, mas também para o caixa ou atendente que não precisa se desdobrar entre diversas funções.

Poder encaminhar um pedido ou requisitar um entregador com apenas alguns cliques é uma grande vantagem, agilizando o serviço e reduzindo inclusive as chances de falhas humanas no processo.

Na Machine você conta com um sistema completo de gestão para empresas de entrega.

Integrado a sistemas como o iFood, permitindo que as vendas dos restaurantes feitas no principal app de delivery do Brasil, sejam enviadas diretamente para os entregadores da frota.

Para profissionalizar o serviço

Não é incomum ver casos de empresas de motoboy ou entregas rápidas que realizam suas operações via grupos no WhatsApp.

Esse modelo, além de tornar a comunicação entre cliente e empresa de entregas mais confusa, também pode entravar o crescimento do negócio, já que limita o atendimento àqueles que possuem o contato telefônico determinado.

Atualmente, ter um serviço integrado de forma digital não só torna sua empresa mais fácil de ser contatada, como também melhora a percepção da sua empresa pelo público, passando uma imagem de profissionalismo e confiança.

Empresas que atuam no ramo de entregas como a Uber e a Loggi levaram o mercado de entregas e transporte para outro patamar.

Por isso, para ser competitivo nesse meio é necessário aliar o seu negócio às formas mais eficientes do serviço, e que já contam com a confiança do público.

Para melhorar a tecnologia

Também existem casos de empresas que procuram a Machine em busca de um upgrade tecnológico.

Afinal, algumas empresas de entregas já possuem sistemas e aplicativos. No entanto, acabam sofrendo instabilidade no sistema ou quedas em momentos de pico de demanda.

Muitos clientes bateram em nossa porta necessitando de um sistema que acompanhe o crescimento da empresa.

Crowdshipping: o que é e como funciona?

O Crowdshipping é um modelo de entregas em que plataformas fazem a intermediação entre estabelecimentos e entregadores com veículos próprios.

Nos últimos anos, ocorreu um constante aumento no número de pedidos online, que foram intensificados devido a pandemia do Coronavírus.

Inventado em 2012, o sistema de Crowdshipping, também conhecido como Crowdsourced Delivery, rapidamente se tornou uma opção para suprir as demandas de clientes e empresas.

O Crowdshipping é um sistema de entrega de produtos feito por pessoas comuns, usando seus próprios meios de transporte, que podem ser carros, motos ou até mesmo bicicletas.

Além de uma opção de entrega mais rápida e flexível, o sistema também é mais responsivo às necessidades da demanda, sendo mais eficiente em lidar com os grandes desafios operacionais potencializados pelo aumento contínuo do e-commerce.

Ele pode ser a solução ideal para atender e fortalecer as redes locais, aprimorar as atividades das empresas e permitir maior espaço e destaque no mercado. As vantagens do Crowdshipping incluem:

  • Menores custos;
  • Maior agilidade na entrega dos pedidos;
  • Possibilidade de ser mais responsivo às necessidades de cada um;
  • Complementação de entregas nas cidades, já que muitas delas vêm restringindo a circulação de caminhões e veículos pesados;
  • Atender a um número maior de clientes;
  • Maior previsibilidade dos custos, já que os riscos do transporte são diminuídos.

Mas, o que ele faz na prática?

É necessário que o estabelecimento e o entregador se cadastrem em uma plataforma.

Quando o cliente adquirir um produto do vendedor, o estabelecimento vai entrar na plataforma e solicitar um dos entregadores cadastrados para levar o item ao destinatário.

A tecnologia identifica aquele que está mais perto, tanto do ponto de coleta quanto do de entrega.

A nova perspectiva de como fazer entregas faz parte do mercado em que a tecnologia entra para substituir serviços tradicionais.

Ele se apresenta como uma forma de economia compartilhada, uma alternativa ao desemprego,que encorpa a Gig Economy, na qual os prestadores de serviço não têm vínculos empregatícios com os entregadores.

Essa tendência está transformando a rotina das empresas, que buscam compreender seu impacto no planejamento e distribuição em grandes centros urbanos no mundo todo, como Uber, AirBnB, iFood, entre outros. Diante dos benefícios e das novas demandas do mercado, dados de pesquisa da Zebra Technologies apontam que quase 90% dos varejistas pretendem usar o Crowdshipping até 2028.

Empresas que realizam Crowdshipping

Você pode até não saber, mas já conversamos algumas vezes por aqui sobre empresas que trabalham no modelo Crowdshipping.

Eu Entrego

Eu Entrego é um serviço brasileiro que conecta estabelecimentos comerciais a entregadores autônomos pelo país.

Fundada em Janeiro de 2016, pelo empresário João Paulo Camargo, a empresa agrega carros de passeio e outros modais, como bicicleta, caminhão e moto.

Nos últimos meses ele tem ficado em alta por realizar entregas para o Mercado Livre.

Lalamove

Lalamove é uma empresa que oferece serviços de entregas no mesmo dia, conectando estabelecimentos comerciais a entregadores autônomos.

A empresa foi fundada em dezembro de 2013 e atua em 21 países da Ásia e da América Latina. No Brasil, ela chegou nos primeiros meses de 2019.

A Lalamove agrega motocicletas, carretas, utilitários e SUVs.

Uber Direct

A Uber Direct é a modalidade da Uber que conecta estabelecimentos aos motoristas parceiros da plataforma.

A empresa anunciou a chegada do “produto” em meados de abril de 2020, como uma forma de manter os ganhos dos motoristas no início da pandemia.

O que é e para que serve o Pacote de Imagens da Machine?

O Pacote de Imagens é um kit visual que a Machine comercializa para ajudar na divulgação de empresas de transporte e entregas.

Ter uma empresa de entregas ou transporte de passageiros é um grande desafio.

Você precisa pensar no operacional, precificar os serviços e trabalhar na divulgação do seu negócio.

Indo além de somente criar um aplicativo, a Machine se atenta às necessidades dos clientes.

Então, no momento da contratação dos planos para criação de um aplicativo com a Machine, é oferecido um conjunto opcional de designs pré-criados, que auxiliam na divulgação da empresa..

A importância do visual

Um bom design tem grande influência no sucesso de um negócio.

Ao contrário do que muitos pensam, o design vai além de uma questão puramente estética, e é fundamental no papel de comunicar, informar e transmitir informações e ideias.

Sendo assim, o design deve andar alinhado com a mensagem para que a comunicação seja de fato efetiva.

Juntando tais fatos à questão de que estamos tratando de aplicativos novos no mercado que, consequentemente, necessitarão de um esforço inicial de divulgação, uma comunicação visual bem feita tem bastante peso.

Desta forma, um recurso visual, como o Pacote de Imagens, ajuda a atrair clientes além de profissionalizar sua comunicação visual.

Como funciona o Pacote de Imagens Machine?

Contando com um acervo digital próprio de mais de 150 peças gráficas distintas, o Pacote de Imagens da Machine oferece diversas possibilidades criativas para a divulgação do seu serviço.

Isso porque as imagens também são acompanhadas por textos, com variados tipos de mensagens, atendendo aos critérios de uniformidade entre mensagem e visual, que citamos mais cedo.

É importantíssimo destacar que as peças não se limitam somente ao meio online. O material é fornecido tanto para o meio digital quanto para o meio físico, contemplando, por exemplo, flyers e cartões.

Essa diversidade de meios aumenta o alcance geográfico e a variedade de públicos que sua divulgação alcançará.

Mas e a marca do cliente?

Um questionamento pode ter surgido na sua mente: se os designs estão prontos, onde entram o logotipo e as informações próprias do cliente?

A Machine insere as informações que o cliente envia, como logotipo, nome e telefone.

Por último, vale pontuar que tanto as artes quanto as mensagens prontas passam por constantes atualizações, o que faz com que elas não fiquem repetitivas ou obsoletas.

O Pacote de Imagens é vendido pelo preço promocional de R$ 99