Início » Carros para entregas: veículos que empresas agregam

Carros para entregas: veículos que empresas agregam

Rua com carros

Cada empresa tem regras específicas para agregar carros para entregas, mas alguns modelos de SUVs, carros de passeio e utilitários são mais comuns.

Se você está pensando em trabalhar no ramos das entregas com carros particulares, separamos alguns modelos de veículos que plataformas no estilo da Lalamove, Eu Entrego e Asap Log costumam agregar em sua frota.

É importante ressaltar que isso não garante que o veículo será aceito. Afinal de contas, isso varia de plataforma para plataforma.

Para construir esta lista, destacamos alguns veículos citados nominalmente pela Lalamove, a única das plataformas que listamos que abre nominalmente os tipos de veículo que cadastra.

Os preços que listamos foram tirados das páginas oficiais das montadoras e são referentes ao modelo mais moderno, que não é necessariamente obrigatórios nas plataformas.

O Mercado Envios Extra, por exemplo, aceita carros de até 15 anos de fabricação e a Lalamove não impõe limite.

Fiat Fiorino

Fiat Fioriono
Foto: Fiat/reprodução

Fiat Fiorino é o veículo mais tradicional das entregas e é, geralmente, um carro que todas as plataformas costumam agregar.

Segundo o site da Fiat, a versão mais nova e básica do veículo sai por volta de R$ 97.090,00.

Chevrolet Spin

SUV Chevrolet Novo Spin 2022 cor azul blue eclipse
Foto: Chevrolet/Reprodução

Por ser um veículo bem espaçoso, usado inclusive para o transporte de pessoas em cadeira de rodas, a Chevrolet Spin é um carro de passeio muito agregado por plataformas de entregas.

Segundo o site da Chevrolet, o carro custa a partir de R$ 90.940,00.

Doblô Cargo

Doblô branco
Foto: Fiat/Reprodução

Outro veículo muito usado nas plataformas de entregas é o Doblô Cargo da Fiat.

Segundo o site da empresa, a versão 1.8 manual do carro tem o preço público sugerido de R$113.990,00.

Ford EcoSport

 EcoSport SE Direct vermelho
Fonte: Ford/Reprodução

O Ford EcoSport é um carro de passeio bem espaçoso e também muito utilizado para entregas.

Segundo o site moto1.com do Uol, a versão mais barata da última geração do carro, o EcoSport SE Direct 1.5 AT, custa R$ 69.990.

Renault Duster

Renault Duster marrom
Fonte: Renault/Reprodução

Outro carro de passeio que costuma ser agregado por plataformas de entregas é o Renault Duster.

Segundo o site da empresa, a versão nova e mais em conta do veículo vem com ar-condicionado, controle eletrônico de estabilidade (ESP) com auxílio de partida em rampa (HSA), direção elétrica e chave canivete, custando a partir de R$ 94.690.

Renault Kangoo

Renault Kangoo branca
Fonte: Renault/Reprodução

Outro representante bem conhecido dos utilitários é o Renault Kangoo.

Segundo a empresa, o veículo transporta objetos de até 2,89 m de comprimento, 1,22 m de largura e um volume total de 4,6 m3 e tem capacidade para 650 kg de carga útil. O modelo Kangoo Express 1.6 custa R$ 58.126.

Fiat Siena

Fiat Siena vermelho
Fonte: Fiat/Reprodução

Dentre os veículos listados está o “sedã indestrutível”, o Siena.

O veículo popular abre portas para que muitas pessoas trabalhem como entregadoras sem precisar adquirir um veículo mais moderno.

O site Carros2022, informa que o modelo mais recente do Fiat Siena possui um porta-malas de 520 litros e uma capacidade de carga de 400 kg.

A versão Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021, custa cerca de R$ 49.990, um dos modelos mais baratos de sedã do mercado.

Outros veículos aceitos

A lista da Lalamove também informa outros carros para entregas que empresa aceita, e que comumente podem ser vistos em serviço:

  • Renault Logan
  • Chevrolet Prisma
  • Chevrolet Onix Plus
  • Fiat Siena/Grand Siena
  • Toyota Etios Sedan
  • Volkswagen Voyage
  • Hyundai HB20 Sedan
  • Nissan Versa
  • Chevrolet Spin
  • Ford Ecosport
  • Renault Duster
  • Jeep Renegade

Além disso, a empresa diz que modelos semelhantes ou carros similares também estão aptos.


A Machine é a principal tecnologia para criação de aplicativos de transporte e entregas do Brasil. Juntos, os apps desenvolvidos com nossa tecnologia já tiveram mais de 130 milhões de solicitações.