Início » 4 aplicativos de mototáxi pelo Brasil

4 aplicativos de mototáxi pelo Brasil

ícone de entregas

A presença de aplicativos de mototáxi pelo Brasil mostra que a tecnologia para o mercado da mobilidade urbana pode ir muito além do carro particular.

A tecnologia já faz parte da nossa sociedade. Ela está presente todo o tempo ao nosso redor, facilitando nossas rotinas e melhorando nossa qualidade de vida.

O mais impactante, é que a tecnologia não se faz presente somente naquilo que é novo ou recém-criado. Ela atualiza, moderniza e dá um novo ar às atividades e coisas com as quais nós já estávamos acostumados.

E esse foi justamente o caso dos aplicativos de mototáxi no Brasil.

Um dos serviços de transporte privado mais tradicionais do país, o mototáxi tem uma enorme aceitação ao redor do Brasil devido a precarização do transporte público que ainda assola nossa nação.

Esse é um dos motivos que também levaram ao sucesso de serviços como Uber e 99, porém, mais do que popular o serviço de mototáxi é necessário no país. Isso porque, segundo estudo do IBGE o mototáxi é o único transporte disponível em 18 cidades do país.

Dada tamanha importância e presença, era de se esperar que os mototaxistas gradualmente se modernizassem e criassem seus próprios aplicativos, incrementando seu serviço com a tecnologia oferecida por eles.

Confira então os casos de sucesso de 4 aplicativos de mototáxi pelo Brasil!

Moto5Brasil

O Moto5Brasil é um dos casos de maior sucesso no país.

O serviço de mototáxi criado em Caruaru, cidade do agreste de Pernambuco conta com mais de 10.000 downloads e se destaca como um dos mais relevantes modais de transporte da cidade de mais de 300 mil habitantes

O aplicativo foi criado em 2017, quando os mototaxistas começaram a perder espaço para a Uber que havia recém chegado na cidade.

Por isso o Sindicato dos Mototaxistas de Caruaru, buscando se modernizar e se adequar aos novos desafios, decidiu apoiar a criação de um aplicativo próprio.

Segundo Wesley Coelho, idealizador do projeto:

“Antes da chegada dos apps de transporte, o serviço de mototáxi era muito caro. Quando surgiu essa opção de mobilidade urbana com preços mais acessíveis, nós sentimos a necessidade de nos adaptar”.

Telemototaxi

A história do Telemototaxi de Petrolina, município localizado no interior do estado de Pernambuco, a 712 km de distância de Recife, poderia ser um roteiro de filme.

Isso porque os mototaxistas lutavam pela regulamentação do serviço na cidade, enfrentando lutas políticas e disputas com famílias poderosas da localidade, que tinham o controle sobre os serviços de transporte da cidade e enxergavam o mototáxi como forte concorrência.

O coletivo dos mototaxistas foi ganhando reconhecimento mesmo em meio a tantas disputas, e para consolidar seu serviço como legal e competitivo no mercado, eles levaram seu modelo de operações para a tecnologia de aplicativo.

Robinho Cordeiro, um dos gestores do aplicativo Telemototaxi, vê a modernização como um dos fatores de sucesso:

“Nós vivemos uma verdadeira guerra contra famílias ricas, políticos e empresários. Sabíamos que o único jeito de nos firmarmos seria prestar um serviço de excelência e assim fizemos”

MotoLeva

O MotoLeva é outro grande aplicativo, que já conta com mais de 10.000 downloads.

Surgiu em 2019, sendo o primeiro aplicativo de transporte da região de Santarém, no estado do Pará.

Foi criado para conectar os passageiros à motoristas credenciados junto a prefeitura, já que o mototáxi é um serviço altamente utilizado na cidade que conta com pouco mais de 300.000 habitantes.

Picap

A novidade internacional da lista fica por conta do aplicativo colombiano Picap.

O aplicativo de mototáxi e entregas já era um sucesso em diversos países da América Latina, mas deu mais um passo na direção de sua expansão ao iniciar suas operações no Brasil, em julho de 2019.

Seu funcionamento se assemelha a outros aplicativos do ramo de mobilidade, porém até o momento ele só aceitava pagamentos em dinheiro.

No momento ele só atua nas capitais estaduais Recife e Fortaleza, mas mesmo assim já conta com mais de 5 milhões de downloads.

Com números assim, é provável que em breve a Picap busque uma expansão para demais regiões do país.