Início » 99pay: o que é e como funciona?

99pay: o que é e como funciona?

moeda e dinheiro ao lado escrito 99PAY

99pay é a carteira digital da 99, que permite o usuário pagar boletos, realizar recargas de celular e, é claro, pagar corridas do app.

Publicado em 31/08/202 – Atualizado em 01/07/2021

Nos últimos meses, temos falado aqui no blog bastante sobre métodos de pagamento.

Não à toa. Afinal, essa é uma peça chave na engrenagem do mercado dos aplicativos de transporte.

Dessa forma, as principais empresas do setor trabalham para criar métodos mais eficientes de pagamento, que evitem fraudes e garantam a segurança de passageiros e motoristas.

Nesse movimento, as empresas se veem obrigadas a desconstruir alguns aspectos culturais do brasileiro. E, nesse quesito, o uso de cédulas físicas talvez seja o principal.

Segundo o Banco Central, o dinheiro ainda é, de longe, a forma preferida de pagamento do brasileiro, o que se reflete no pagamento das corridas nos apps. Segundo a 99, 70% das viagens são pagas “em espécie”.

Já a Uber foi “obrigada” a colocar a opção pagamento em dinheiro no país, o que não se repete em todas suas operações no mundo.

Visando superar esse desafio, a 99 anunciou no início de agosto de 2020, o 99pay, a carteira digital do aplicativo brasileiro.

Página principal do site 99pay
Foto: site oficial da 99Pay

O que é 99pay?

99pay é a carteira digital da 99, que permite o usuário pagar boletos, realizar recargas de celular e, é claro, pagar corridas do app.

Dessa forma, mesmo para aquelas pessoas que não tem cartão de crédito ou até mesmo conta em banco, é possível pagar as viagens pela 99 sem dinheiro físico.

Com a 99pay, o objetivo da empresa é diminuir a circulação de dinheiro, que além de apresentar um risco à segurança dos usuários, com a atuação de assaltantes, também elimina um importante vetor de transmissão da Covid-19.

Além disso, a 99 afirma que o serviço é mais uma opção para os 45 milhões de brasileiros desbancarizados que, segundo a empresa, são, em sua maioria, mulheres (59%), negros (69%) e pertencentes às classes C, D e E (86%). “É uma parcela da população que movimenta, anualmente, mais de R$ 800 bilhões e é pouco conectada e digitalizada”, disse a empresa em comunicado.

Já falamos de outros exemplos de carteira digital no artigo sobre formas de vender seu produto sem dinheiro. Se ainda não conferiu, dê um pulo lá assim que acabar de ler o texto.

Nos Estados Unidos, a Uber já possui um serviço semelhante, a Uber Wallet, ainda não presente no Brasil.

Como funciona o serviço?

A 99Pay funciona de forma semelhante às outras carteiras digitais presentes no mercado.

Assim, para carregar a carteira, o usuário têm três opções: transferência bancária, boleto ou cartão.

Segundo a empresa, o saldo fica disponível em 1 dia útil, em transferências bancárias, 2 dias úteis, em pagamento no boleto, e, no caso de pagamento com cartão, logo que há o cumprimento da transação.

A empresa também garantiu que os pagamentos pelo 99Pay terão cashback, que é quando parte do dinheiro da compra é devolvido ao usuário, além de descontos nos serviços. Porém, ainda não explicou como será feito.

Mas, segundo o Tecnoblog, alguns usuários receberam 30 reais ao realizar o cadastros. Já outros, ganharam 50 reais ao depositarem 10 reais na carteira.

Para os motorista, a 99pay permite que eles recebam o pagamento da corrida via o aplicativo, caso ainda não possuam um cartão 99.

Quais cidades a 99Pay já funciona?

Segundo o site da empresa, a 99pay está disponível nas seguintes cidades:

  • Campinas;
  • Rio de Janeiro;
  • Cuiabá;
  • Curitiba;
  • Porto Alegre;
  • Fortaleza;
  • Recife;
  • Brasília;
  • Aracaju;
  • São Luís;
  • Vitória;
  • São José dos Campos;
  • Uberlândia;
  • Bauru;
  • Ponta Grossa;
  • Joinville;
  • Florianópolis;
  • Limeira;
  • Londrina;
  • Maringá;
  • Piracicaba;
  • Campo Grande;
  • Sorocaba;
  • Santos;
  • Belo Horizonte;
  • Goiânia;
  • João Pessoa.

A 99 diz ainda estar avaliando o lançamento para outras cidades e promete notificar os usuários quando o serviço estiver disponível.

Como usar a carteira digital?

A 99Pay está disponível dentro do aplicativo da 99.

Ela já fica habilitada para todos os usuários do app, mas a empresa orienta que seja preenchido um formulário para liberar todas as funcionalidades da carteira digital.

Captura de tela do aplicativo da 99pay

Com ela, é possível:

  • Pagar corridas pela 99;
  • Pagar contas e boletos;
  • Pagar pedidos da 99food;
  • Recargar crédito celular;
  • Transferir e receber dinheiro de amigos;
  • Receber troco das corridas 99.

Todas as transações ficam disponível no aplicativo para consulta.

Outro fator interessante da 99Pay é que assim como as principais carteiras digitais do mercado, o dinheiro fica rendendo. Atualmente, os valores até R$ 5 mil rendem 220% da CDI, segundo a empresa, o equivalente ao triplo da poupança.

A CDI é o Certificado de Crédito Interbancário, ou seja, o valor dos juros que os bancos cobram para emprestar dinheiro entre eles mesmos.

Em uma simulação feita pela empresa, o depósito de R$ 1 mil na carteira, rende ao usuário R$ 43,07 no período de um ano. Já o mesmo valor na poupança rende R$ 14,50.

Comparação do 99pay com outros investimentos
Foto: simulação feita pela própria 99 dentro de seu site.

Para colocar dinheiro na carteira, basta acessar o app e clicar na opção “carregar”.

Além das opções de transferência bancária, boleto ou cartão, que falamos acima, o usuário também pode carregar em dinheiro direto com o motorista.

Em relação às transferências entre contas, o usuário não paga taxa ao enviar dinheiro da sua conta 99 para outra conta 99.

Já no caso de envio para outros bancos, é cobrada uma taxa de R$ 3, sendo necessário que a operação seja feita em um dia útil da semana até às 16h.

Como medida de segurança, a 99 também estipula um limite de transações semanais e mensais, dependendo se o seu cartão está verificado ou não.

  • Recarga de Saldo: 4 transações ou R$ 200 semanais e 8 transações ou R$ 400 mensais com cartão não verificado. 10 transações ou R$ 1 mil semanais e 20 transações ou R$ 2 mil mensais com cartão não verificado;
  • Recarga de celular: 2 recargas ou R$ 40 semanais e 3 recargas ou R$ 80 mensais com cartão não verificado. 4 recargas ou R$ 150 semanais e 8 recargas ou R$ 300 mensais com cartão verificado;
  • Boleto de contas: 2 pagamentos ou R$ 400 semanais e 6 pagamentos ou R$ 800 mensais com cartão não verificado. 4 pagamentos ou R$ 1 mil semanais e 8 pagamentos ou R$ 2 mil mensais com cartão verificado;
  • Transferências: 3 transferências ou R$ 200 semanais e 6 transferências ou R$ 800 mensais com cartão não verificado. 15 transferências ou R$ 1,5 mil semanais e 30 transferências ou R$ 2 mil mensais com cartão verificado.