Ilustração de um carro vermelho, ao lado está escrito "99Carona: o que é e como funciona?"

99Carona: o que é e como funciona?

99Carona é o serviço de viagens compartilhadas da 99. Lançado em outubro, ele começou a operar em Florianópolis e Porto Alegre.

No início de outubro, a 99 anunciou um novo produto no seu catálogo.

É o 99Carona, um serviço de viagens compartilhadas que tem o objetivo de conectar pessoas que estão indo para o mesmo lugar ou na mesma rota. Assim, conseguem dividir o preço da viagem, como no BlaBlacar ou WazePool.

Em comunicado para imprensa, a 99 informou que durante uma pesquisa realizada com seus passageiros, 86% deles disseram ter interesse em caronas por ser uma opção mais confortável, acessível e segura, em relação à Covid-19, do que outros meios de transporte.

Por outro lado, 43% demonstraram interesse em se tornar condutores, reduzindo os custos de suas viagens.

Segundo o diretor-geral de Operações e Produtos da 99, Davi Miyake, a modalidade é mais uma opção para quem, apesar da pandemia, precisa sair de casa e, ao mesmo tempo, evitar aglomerações.

Com o lançamento, passamos a oferecer mais uma opção de deslocamento seguro, acessível e que conecta pessoas com interesses em comum, criando um senso de comunidade, além de expandir as opções que contribuem para facilitar a mobilidade urbana nas cidades, com menos carros circulando com apenas uma única pessoa.

Davi Miyake

Como funciona a 99Carona?

A 99Carona começou a funcionar no dia 19 de Outubro em Florianópolis e Porto Alegre.

Por enquanto, as viagens são apenas intramunicipais, ou seja, de um ponto ao outro da mesma cidade.

Porém, segundo a empresa, até o final do ano estão previstas ativações em novas cidades e viagens intermunicipais.

Para oferecer caronas, os condutores vão passar pelo mesmo processo de checagem dos demais motoristas da 99, ou seja, serão solicitados documentos como CPF, CNH, documento do veículo e fotos com os documentos.

Além disso, a empresa promete realizar análise de perfil dos condutores e verificar o histórico público deles.

Já os passageiros devem cadastrar CPF, RG e passar por um reconhecimento facial.

Após selecionarem as corridas, tanto passageiros quanto condutores poderão ver a checagem de segurança, confirmando que seu companheiro de viagem passou por todos os procedimentos.

Imagem: 99/divulgação

No entanto, a empresa não irá permitir que nenhuma das partes vejam fotos ou veículos antes de confirmar a carona. Esse procedimento, segundo a 99, é para evitar atitudes preconceituosas.

Diferente de outros serviços de carona, o preço vai ser calculado direto pela plataforma, não podendo o motorista alterar. Segundo a empresa, vão ser levados em conta a distância percorrida e custos fixos do carro.

A 99 também ressalta que não se trata de uma atividade para geração de renda. Por isso, são permitidas apenas 5 caronas por dia.

As caronas devem ser solicitadas com no máximo 15 minutos de antecedência e aceitas por passageiros e motoristas. Serão aceitos no máximos dois passageiros e um motorista no veículo.

“Os passageiros e condutores cadastram no aplicativo os detalhes de sua viagem: trajetos, datas e horários. A inteligência artificial cruza as informações e sugere as melhores combinações para cada solicitante”.

Dentre as opções de horários e datas disponíveis, os passageiros e condutores vão escolher suas companhias e fazer o convite. Com o aceite da outra parte, a viagem está marcada.

Serão aceitos no máximos dois passageiros e um motorista no veículo.

Resumo

  • Serviço de carona compartilhada;
  • Iniciou no dia 19 de outubro em Florianópolis e Porto Alegre;
  • Por enquanto, as caronas acontecem apenas de um ponto ao outro do mesmo município;
  • O condutor pode realizar no máximo 5 caronas por dia;
  • Dois passageiros por veículo.